Topo

Vai fazer concurso bancário? Confira 8 dicas para ser aprovado.

Confira algumas sugestões para quem deseja garantir uma vaga neste tipo de atividade.
Publicidade
Comente

Os bancos são importantes empresas que oferecem serviços essenciais para o funcionamento de uma sociedade de forma geral, focado nas necessidades financeiras. E, mesmo sendo uma atividade considerada majoritariamente privada, o Brasil ainda conta com diversas organizações financeiras que são inteiramente controladas pelo estado. 

Vai fazer concurso bancário? Confira 8 dicas para ser aprovado.

Os dois exemplos mais conhecidos, pois acabam fornecendo serviços para o cliente final, são os bancos públicos, que também funcionam com parte do dinheiro da iniciativa privada: Caixa e Banco do Brasil. Além disso, também existem os bancos públicos estaduais e as iniciativas financeiras de fomento e que atendem determinados perfis de públicos.

Mas os dois grandes bancos públicos acabam oferecendo oportunidades de trabalho e de careira muito interessantes, tanto para as pessoas que desejam trabalhar no setor financeiro de uma forma geral quanto para quem deseja trabalhar no setor público. 

Publicidade

Confira algumas dicas para quem deseja focar seus estudos para ser aprovado em concursos feitos especificamente por bancos públicos:

Sempre estude o edital

Antes de mais nada, qualquer tipo de concurso público exige que as pessoas tenham conhecimento do edital de uma forma geral, que acaba sendo o documento que define todas as regras que serão aplicadas para a execução das provas de uma forma geral. Além disso, ele também define os principais critérios que serão utilizados para o processo seletivo e todas as matérias que serão cobradas. 

Tudo isso deve ser utilizado como uma forma de guiar toda a preparação do estudante. 

Crie um cronograma de estudos

Os estudantes devem criar um cronograma de estudos que vai guiar todo o seu processo de preparação. Ele deve ser feito a partir justamente das informações que constam no edital, dando uma maior prioridade para aquelas matérias que possuem maior peso. O ideal é que os estudantes montem um cronograma que seja parecido com o que normalmente as escolas possuem, dividindo em matérias e blocos de tempo, e dedicando mais espaço para as disciplinas que acabam valendo mais.

Pratique sempre durante os estudos

Os estudos devem ser feitos sempre com foco na prática, especialmente estes que acabam sendo feitos à longo prazo, já que normalmente as pessoas começam a revisar o conteúdo muito tempo antes da prova especificamente. É sempre importante revistar e revisitar a teoria sempre que possível, mas fazendo exercícios que acabam ajudando justamente a medir o conhecimento adquirido e treinar para o momento da prova de verdade. 

O ideal é sempre apelar para um bloco de exercícios e de atividades práticas ao final dos estudos de cada módulo. E é importante que estes exercícios sejam feitos em condições parecidas com as da prova, para que o estudante consiga, de fato, entender como está a sua preparação.

Busque outras formas de manter o estudo ativo

Os exercícios normalmente acabam sendo feitos depois que o estudante passa pela teoria em um determinado módulo. Mas existem também outras formas de manter o estudo ativo enquanto as pessoas estão aprendendo. Uma dica interessante é produzir os seus próprios resumos das matérias que são aprendidas, ao invés apenas de ler os resumos que são produzidos por outras pessoas.

Uma outra dica interessante é produzir mapas mentais, que além de ajudar muito no momento da revisão, também acaba sendo interessante para fixar o conteúdo daquele tema no cérebro.

Busque sempre materiais atualizados

As pessoas devem tomar cuidado no momento em que elas buscam os materiais que serão utilizados para a revisão e para os estudos de uma forma geral. Muitas buscam apostilas disponíveis na internet, mas acabam não se atentando a atualização do conteúdo. É muito importante estudar sempre a partir de materiais que tenham o conteúdo mais atualizado possível.

Faça simulados

Diferentemente da prática de fazer exercícios a partir dos conteúdos que as pessoas aprendem na fase de estudos, os simulados são um pouco diferentes. A ideia é realmente recriar as condições que os estudantes vão acabar encontrando no momento em que eles forem fazer a prova. 
Para isso, a dica é pegar provas completas que já foram aplicadas anteriormente para aquela vaga ou pelo banco em questão, ficar sozinho em uma sala, marcar o tempo de prova previsto no edital e testar o seu desempenho naquele momento. 
 


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: