Topo

O que é CDB? Entenda essa opção de investimento cada vez mais popular no Brasil

Certificados acabaram se tornando a porta de entrada para os investidores iniciantes.
Publicidade
Comente

As contas digitais acabaram se tornando as principais utilizadas pelos brasileiros para movimentar seus recursos financeiros de uma forma eletrônica e também a partir de movimentos muito mais ágeis. Elas acabam sendo, em grande parte, gratuitas, e contam com tecnologias que ajudam justamente a visualizar, com mais facilidade, todas as possibilidades que o banco oferece para os seus clientes. 

O que é CDB? Entenda essa opção de investimento cada vez mais popular no Brasil

A partir dos aplicativos, muitas pessoas começaram a entrar em contato com diferentes serviços que estes bancos oferecem, incluindo as opções de investimentos. E o que antes era uma opção que exigia um certo conhecimento de parte dos clientes dos bancos, e também era apresentado apenas para quem fazia uma busca ativa, geralmente nas agências, agora aparece na tela do smartphone e disponível a poucos cliques.

Existe até mesmo um certo incentivo de parte dos bancos digitais, para que os clientes passem a colocar o seu dinheiro em uma das opções de investimento oferecidas, para que eles tenham algum tipo de retorno financeiro. Dentre as diversas opções de investimento que os bancos normalmente oferecem, o CDB acaba surgindo como o mais popular.

Publicidade

Entenda melhor como funciona este tipo de investimento:

O que é e como funciona o CDB?

CDB é uma sigla para Certificado de Depósito Bancário, sendo este considerado como um dos tipos de investimentos mais populares no mercado financeiro de uma forma geral. Do ponto de vista técnico neste mundo das finanças, ele é classificado como um título de Renda Fixa, ou seja, seus rendimentos acabam sendo fixados a partir de um determinado índice, e os clientes acabam sabendo quanto ele vai render no momento da aplicação.

Como é um certificado bancário, ele acaba sendo emitido justamente pelos bancos, que utilizam os mesmos como uma forma de captar recursos financeiros para suas operações do dia a dia. Na prática, essa operação basicamente é como se uma pessoa emprestasse dinheiro para o banco, que paga juros ao final de um determinado período que consta no certificado.

Quanto rende um CDB?

A rentabilidade dos certificados bancários, de cordo com as regras definidas pelo sistema financeiro de uma forma geral, acabam sendo definidos a partir de uma porcentagem da taxa DI – ou “taxa do CDI” –, que representa o valor cobrado em juros quando os bancos emprestam dinheiro entre si.

Portanto, essa acaba sendo a taxa mais importante para as pessoas que investem em CDB, pois ela define quanto o dinheiro emprestado para o banco vai render na prática. Normalmente os cliente encontram essa informação apresentada como: “rende 100% do CDI” ou “rende 120% do CDI”.

Quais são os prazos de retirada financeira do CDB?

No momento que o cliente opta por colocar o seu dinheiro em uma opção de CDB ele deve saber o prazo de carência daquele título específico, que é uma informação que sempre deve contar nos dados gerais. 

Ele pode ser bastante variado. Na grande maioria dos CDBs que são oferecidos pelos bancos digitais, por exemplo, a liquidez é considerada como diária. Nestes casos, os clientes recebem rendimentos todos os dias, e também podem sacar o dinheiro a qualquer momento. 

Mas também existem determinados certificados que exigem que o cliente fique mais tempo com o dinheiro aplicado, como alguns anos, por exemplo. Neste caso, ele terá acesso aos rendimentos apenas ao final deste prazo.

Principais tipos de CDBs

  • CDB Prefixado – Este título acaba tendo o seu rendimento preestabelecido, independentemente da taxa Selic ou da inflação;
  • CDB Pós-fixado – Esse acaba sendo o mais comum, que é justamente o certificado que acaba tendo o título rendendo a partir de uma determinada taxa escolhida, que normalmente é o CDI, que é regulado basicamente a partir do próprio mercado, com os valores cobrados pelos bancos que emprestam dinheiro entre si;
  • CDB Híbrido – Já este tipo de certificado acaba sendo indexado a partir da inflação. Portanto, a rentabilidade vai acabar acompanhando basicamente dados e informações como o IPCA, que é utilizado para medir a inflação do país como um todo. Além disso, estes papeis também pagam um rendimento fixo, por isso o nome é híbrido, já que o rendimento final acaba sendo justamente a soma do fixo com a variação do IPCA. 
     

Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: