Topo

Filmes que você provavelmente não vai querer assistir com seus pais

3.40 / 5 - 5
Comente

Assistir um bom filme em família é naturalmente um excelente programa para os momentos de folga, mas, nem todos os títulos tendem a atender o interesse dos espectadores da mesma maneira, daí a importância do cuidado na hora de escolher o que assistir.

Como na atualidade temas como sexo, drogas e violência se fazem presentes em grande parte das produções hollywoodianas, muitos daqueles que vivem em famílias tradicionais acabam ficando com receio de escolher o filme para ver com os pais, sob pena de acabar gerando algum tipo de constrangimento.

Sabendo disso então, decidimos lembrar a seguir alguns títulos que provavelmente a maioria gostaria de evitar na hora de uma sessão de “cinema em casa” com a família. Confira!

Filmes que você pode não querer ver em família

American Pie

American Pie

Essa é sem dúvida a mais famosa comédia ao estilo “besteirol americano”. Clássico entre os jovens desde a última década, o filme ganhou diversas sequências igualmente desaconselháveis para o entretenimento em família.

Por se tratar de uma obra genuinamente cômica, muita gente acaba querendo chamar os pais na hora de assistir. Se esse for o seu desejo, saiba que sua família pode ficar bastante constrangida com cenas de nudez explícita e sexo a todo instante. Se achar que vale a pena arriscar, siga em frente por sua conta e risco.

50 Tons de Cinza

50 Tons de Cinza

Dono de uma das maiores bilheteria desse ano, o filme “50 Tons de Cinza” chegou com status de blockbuster por onde passou. Mas se você imagina que isso é o bastante para que você possa reunir a família em torno da obra, talvez queira repensar essa opinião.

No longa que tem Anastasia Steele e Christian Grey, a palavra de ordem é sexo. Mais que isso, a história explora o fetichismo e o sadomasoquismo sem grande pudor. Diante disso, embora sua mãe possa até gostar de assistir o filme, é provável que ela se sinta um pouco constrangida em o fazer junto do filho ou mesmo em um momento família.

Leia também:

O Lobo de Wall Street

O Lobo de Wall Street

Protagonizado por Leonardo DiCaprio, temos aqui um dos melhores filmes lançados nos últimos anos. Para quem ainda não assistiu a dica é simples: assista! Apesar de tudo, porém, vale dizer que essa também não é a melhor obra para se ver com os pais mais tradicionais.

A trama apresenta a vida de um homem que luta para ficar rico em Wall Street, fazendo de tudo para atingir seu objetivo. Quando as coisas começam a dar certo, ele não pensa duas vezes em esbanjar toda sua fortuna com álcool, drogas e é claro, muito sexo com as chamadas “damas de luxo”.

Brüno

Brüno

Esse talvez seja o filme menos badalado da lista, mas não menos “pesado”, por assim dizer. Ele apresenta um personagen central que não vê limites na hora de ser o típico “engraçadão”.

Graças a isso a história acaba ridicularizando em alguns momentos certas culturas, religiões e até alguns tipos de mulheres, além da homossexualidade e afins.

Como um dos objetivos da comédia é justamente o de ridicularizar enquanto faz rir, tudo ok, mas para os mais tradicionais algumas piadas podem soar ofensivas de mais.

O Virgem de 40 Anos

O Virgem de 40 Anos

Não são todos os pais que vão se sentir confortáveis em assistir um filme quando o seu título é “O Virgem de 40 Anos”, certo? Pra piorar, o nome não é o que o filme tem de mais “pesado”.

Como era de se esperar, ele narra a história de um homem de 40 anos que está desesperado para perder fazer sexo pela primeira vez com uma mulher. Partindo daí você já tem uma bela noção do que esperar durante os 90 minutos de filme – e sim – ele exibe algumas cenas que podem ser inapropriadas para familiares mais tradicionais.

Magic Mike

Magic Mike

Por fim temos aqui o filme que talvez se encaixe na mesma categoria de “50 Tons de Cinza”, ou seja, trata-se de uma obra que muitas mães por aí gostariam de assistir, mas que dificilmente se sentiriam à vontade em fazer isso ao lado dos filhos.

A obra mostra a todo instante muitos strippers musculosos dançando e sensualizando para a tela, o que acaba tornando a obra um tanto quanto “picante”. Se na melhor das hipóteses a mamãe não se importar em assistir o filme com a família, o pai dificilmente vai aprovar a ideia, concorda?




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: