Topo

10 filmes de gangsteres que todo fã do gênero deveria assistir

Comente

O último final de semana foi particularmente especial para quem gosta de filmes de gangsteres. Isso porque estreou nos cinemas o longa “Aliança do Crime” (Black Mass), que traz o emblemático Johnny Depp em uma caracterização digna de Oscar, onde ele se apresenta calvo, loiro e absolutamente “bad ass.

Para quem ainda não foi conferir o filme, fica a dica. Mas se você é realmente fã do gênero essa não é a única obra que deveria considerar assistir pelos próximos dias. Existem alguns clássicos dentro dessa vertente que são simplesmente imperdíveis e é justamente alguns destes que recomendaremos a você logo a seguir.

Confira alguns dos melhores filmes de gangsteres já lançados

Bonnie e Clyde: Uma Rajada de Balas (1967)

Bonnie e Clyde: Uma Rajada de Balas (1967)

Abrindo nossa lista temos aqui o filme que marcou a história do cinema nos anos 60. Ao melhor estilo filme de “gangster apaixonado”, a obra traz a inexperiente Bonnie, vivida por Faye Dunaway, no papel de uma mafiosa que se torna tão eficiente quanto o namorado e ex-presidiário Clyde na hora de roubar e até assassinar pessoas.

Se existisse só uma cena pela qual assistir o filme valeria a pena, essa seria sem dúvida a do final, que apresenta uma violência brutal e mostra provavelmente mais balas do que você pode imaginar em qualquer tiroteio – e isso em câmera lenta.

O Círculo Vermelho (1970)

O Círculo Vermelho (1970)

Apontado como uma das melhores obras do cineasta francês Jean-Pierre Melville, o filme traz um inusitado encontro entre três criminosos que decidem se unir para roubar uma joalheria.

Entre as cenas que mais chamam a atenção no longa estão as que mostram o emblemático assalto, mostradas de uma forma que você provavelmente nunca viu

Leia também:

O Poderoso Chefão (1972)

O Poderoso Chefão (1972)

Nenhuma lista que se preza poderia deixar de fora o clássico “Poderoso Chefão”, que aliás, é apontado por muitos como o melhor filme de todos os tempos considerando todos os gêneros.

No longa o chefão do crime, Don Corleone, conduz os negócios mafiosos da família com pulso firme, fazendo tudo o que for “necessário” para manter a família e os negócios.

Ajuste Final (1990)

Ajuste Final (1990)

Com uma abordagem diferenciada, esse é o filme que mostra na verdade a história do homem incumbido de estabelecer a paz entre grupos de mafiosos com interesses distintos.

Com uma beleza visual incrível, o filme apresenta um imenso conjunto de cenas antológicas, que conquistam lugar na mente e no coração dos espectadores.

Os Bons Companheiros (1990)

Os Bons Companheiros (1990)

Com o talento nato para a sétima arte, Martin Scorsese apresenta nesse filme ascensão de Henry Hill, um homem que deseja se tornar gangster e não mede esforços para causar uma boa impressão em Jimmy, seu mentor.

Uma cena que ilustra bem o tom do filme é de extrema violência. Ela mostra o assassinato de Billy Batts quando Henry ainda está se acostumando com as coisas de que a máfia pode ser capaz.

Pulp Fiction – Tempo de Violência (1994)

Pulp Fiction - Tempo de Violência (1994)

E aqui temos a obra de Quentin Tarantino que é uma boa pedida para quem não dispensa o bom humor nem mesmo em um filme sobre gangsteres. Com diálogos recheados de sarcasmo, a obra entrega uma história que apesar de contada fora da ordem cronológica, consegue impressionar a todo instante o espectador.

Conflitos Internos (2002)

Conflitos Internos (2002)

Esse é um filme de Hong Kong que até já ganhou uma releitura americana com o título de “Os Infiltrados”. A obra traz a história de dois homens em lados opostos e com uma difícil missão: enquanto um é um policial infiltrado na máfia, o outro é um criminoso infiltrado na polícia.

Com objetivos distintos, cada personagem busca conquistar a confiança dos que estão ao redor, sabendo, porém, que o disfarce pode ser descoberto a qualquer momento.

Estrada Para Perdição (2002)

Estrada Para Perdição (2002)

O filme apresenta uma trama recheada de conflitos familiares, mostrando inclusive a situação de um garoto ao descobrir que seu pai – vivido por ninguém menos que Tom Hanks – trabalha como assassino profissional a mando justamente de quem o criou como se fosse o próprio filho.

Além do bom enredo, destaque para a fotografia do filme, que é um verdadeiro espetáculo. Se tivesse que escolher apenas um momento marcante do filme, essa seria sem dúvida a que mostra o tiroteio sem som, onde o diretor optou por tirar o barulho dos tiros e substituí-los por uma trilha sonora. Ficou sensacional.

O Gângster (2007)

O Gângster (2007)

Com nome sugestivo para o gênero, o filem traz Denzel Washington no papel de Frank Lucas, um militante negro que passa a liderar o tráfico de drogas em Nova York. Graças ao seu brilhantismo, o filme conquistou duas indicações ao Oscar e se tornou a terceira maior bilheteria para um filme policial desde o início da década de 80.

Reino Animal (2010)

Reino Animal (2010)

Por último temos aqui um filme australiano que é pra cinéfilo nenhum botar defeito. O filme foge do tradicional ao apresentar uma história de mafiosos na qual quem controla a rede criminosa é a matriarca da família, no caso a impiedosa Smurf, vivida por Jacki Weaver.

A trama se desenvolve pela ótica de um adolescente que se vê forçado a viver com a avó após a morte de sua mãe. A partir daí o jovem começa a tomar conhecimento do quão criminosa é a sua família e enquanto isso um detetive parece cada vez mais próximo de acabar com as atividades dos fora da lei.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: