Cifra da música: A Conquista do Espaço - Engenheiros do Hawaii

Esse cifra de Engenheiros do Hawaii já foi acessado por 1613 pessoas.

Comente

A música A Conquista do Espaço fez muito sucesso quando foi gravada por Engenheiros do Hawaii. Quer conhecer a letra dela? Veja a letra de A Conquista do Espaço e cante.

Veja também o vídeo da música tocada.


(Humberto Gessinger) 

Introdução: A

 (A)
Costas quentes (sempre em frente)
Frente fria (sempre me frente)
Sangue quente (sempre em frente)
Demente sangria (sempre, sempre)
  A  
Passo à passo à eternidade
                     F#        E
Um passo em falso: a cara no chão
 A
Um grande passo pra humanidade
                      F#         E
Um pequeno veneno pra cada um de nós

  D     E             A    G# F#
- Lá do alto deve ser bonito!
  D        E             (A)
- Aqui de cima é muito legal...
  D       E             A    G#   F#
- No asfalto meus tênis derretem!
   D      E                (A)
- Aqui em cima nem frio nem calor...

  (A)
Bola nas costas (sempre em frente)
                    G#     F#
Atrás vem gente (sempre em frente)
 (A)
Sempre alerta (sangue frio)
                  G#      F#      (A)
Sempre em frente (sempre, sempre)

 A
Passo à passo-pégasus
                G#      F#
Pegadas pelo espaço a conquistar
 A
Bola de neve morro àbaixo
                      G#       F#
sempre em frente, pra cima, pro alto

   D       E          A     G#  F#
- Lá do alto deve ser esquisito...
   D         E             (A)
- Aqui de cima até que é normal
    D         E              A    G#      F#
... minha cabeça pesa quase dois séculos...
   D           E             (A)
- Meu corpo flutua, peso nenhum!

(A)
cara à cara (a conquista do espelho)
passo à passo (a conquista do espelho)

  D       E             A    G#  F#
- Lá do alto deve ser bonito!
  D        E             (A)
- Aqui de cima até que é normal...
   D       E                 A    G#   F#
...Minha cabeça presa entre dois mundos...
  D        E                     (A E)
-Meu corpo flutua: Mundo nenhum!

 A                   F
A MÍDIA... A MEDIOCRACIA
 A            F
MUITO ZORRO E NENHUM SARGENTO GARCIA
   A        F
...FRANCAMENTE...
         G
HÁ MUITO JÁ NÃO SOMOS COMO JÁ FOMOS:
   G
TODOS IGUAIS
IGUAIS AOS POUCOS QUE AINDA ANDAM
  A                        C
IGUAIS A TANTOS QUE ANDAM LOUCOS
  A                        C
IGUAIS A LOUCOS QUE AINDA ANDAM
  A                        C
IGUAIS A SANTOS QUE ANDAM LOUCOS
DE SATISFAÇÃO
  B                  C B A                                  G
OUVINDO PAMPA NO WALKMAN (descubro um passado que não me pertence)
 B                   C B A                         G
OUVINDO PAMPA NO WALKMAN (3rd world music, mito e nonsense)
 B                   C B A                       G
OUVINDO PAMPA NO WALKMAN (pertenço a um país que não me pertence)
 B                   C B A                          G
OUVINDO PAMPA NO WALKMAN (não sou gaúcho: sou portoalegrense)
FRANCAMENTE


Quer fazer uma correção nesta cifra?







    Comentários (0) Postar um Comentário

    Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!