Topo

Tudo pela culinária? Veja crueldades feitas com animais no preparo de alguns pratos

3.75 / 5 - 8
Comente

Saborear um churrasco suculento ou uma carne de panela bem preparada é sabidamente algo comum no dia a dia da maioria dos brasileiros. Isso é tão normal que muitas vezes ninguém sequer para pra pensar nos maus tratos e crueldades às quais os animais podem ter sido submetidos antes de chegar à mesa.

Mas embora seja de fato revoltante saber das crueldades sofridas ainda na atualidade por muitos animais cuja carne é utilizada no preparo de pratos da culinária brasileira, o fato é que ao redor do mundo existem pratos em que a crueldade atinge níveis ainda mais alarmantes e por vezes praticada diante dos olhos do consumidor.

Para ilustrar isso, portanto, listamos a seguir alguns dos casos dos quais se tem notícia nesse sentido. Veja!

Pratos que são concebidos com certo ar de crueldade

Ikizukuri

https://www.youtube.com/watch?v=Frf-1tNcdWg

Uma pessoa mais habituada à culinária ocidental pode ficar perplexa ou até horrorizada ao chegar em um restaurante de sushi no Japão e se deparar com o cozinheiro pegando um peixe ainda vivo no tanque e cortando-o diante dos olhos de quem quiser ver, enquanto o animal se debate.

O fato é que é exatamente esse o conceito por traz do prato Ikizukuri, cujo nome quer dizer “preparado vivo”. Diante dos olhos atentos do cliente, o chef retira o intestino do peixe e depois corta e tempera o mesmo. E assim já está pronto o prato.

Segundo informações, o truque para a iguaria é justamente prepará-la sem matar o peixe, o animal é servido com seu coração exposto e ainda batendo e com as guelras trabalhando enquanto tenta respirar. Uma variação ainda mais cruel desse prato se chama Yin Yang Fish, que ainda consiste em mergulhar o peixe vivo em óleo quente.

Leia também:

Feng Gan Ji

Galinha - Feng Gan Ji

Outro prato preparado com um certo grau de crueldade para os menos habituados, é o Feng Gan Ji, que vem do Tibete e da China. A tradução literal para o nome do prato é galinha seca ao vento.

Para preparar esse prato é necessário uma galinha, faca e temperos como especiarias, ervas e outros ingredientes. No processo de preparo a ave é cortada na região do intestino, seus órgãos são retirados e os temperos são inseridos no lugar.

Depois disso ela é fechada e amarrada de cabeça pra baixo ainda viva para que possa secar ao vento e chegar ao ponto de finalizar o preparo.

Ortolan

Pássaros - Ortolan

Uma simpática ave chamada Ortolan e conhecida no Brasil como Sombria, é a matéria-prima principal de um prato cruel mas bastante popular em países da Europa, como na França, por exemplo.

Segundo as informações, após capturar o pobre pássaro na natureza, os chefs furam os olhos dos mesmos com uma pinça e depois os colocam em gaiolas tão apertadas que eles sequer podem se mover.

A partir daí o animal é alimentado à força com uma dieta pesada à base de milho, uva e figos até que fique cerca de quatro vezes maior que seu tamanho e seja então afogada em uma taça de Armagnac.

Depois disso a ave é assada por seis ou oito minutos para que assim o consumidor a coloque inteira na boca, comendo desde os ossinhos até as vísceras. O Armagnac nos pulmões explode com a mordida, o que, em tese, dá um sabor especial ao prato.

Foie Gras

Foie Gras

Também preparado na França, esse é um prato que pode ser definido como fígado gordo. E se você pensou: ah, mas fígado também é um corte comum na culinária brasileira, espere pra ver a crueldade com que o Foire Gras é preparado.

Antes de qualquer outra coisa é importante dizer que o prato é concebido a partir de patos e gansos criados para o abate. Mas a coisa não é tão simples quanto parece.

Antes de serem abatidas, as aves vivem um tempo em campo e depois são levadas a um quarto escuro, onde são colocadas em um compartimento pequeno e alimentadas à força com milho e gordura até que o fígado fique seis vezes maior que o seu tamanho natural.

A textura amanteigada do prato só é alcançada por causa de uma introdução de um metal longo que vai até o estômago da ave e fica bombeando uma mistura de milho gorduroso direto em seu intestino, o que vai deixando seu fígado com a gordura.

Claro que todo esse processo cruel traz desconforto às aves e por isso mesmo elas são colocadas em pequenas caixas onde não podem nem ficar em pé.

Huo Jia Lu

Burro - Huo Jia Lu

E por fim a lista traz o prato Huo Jia Lu, que até onde se sabe é da China. Informações sugerem que lá é muito comum o consumo de carne de burro e o nome desse prato significa justamente “burro vivo”.

No caso eles amarram as pernas burro e pressionam seu corpo, enquanto os chefs de cozinha cortam seu corpo cru para servir imediatamente. O pobre animal ainda grita enquanto as pessoas consomem sua carne.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: