Topo

Memória cheia no WhatsApp? Veja 4 dicas para amenizar o problema

Comente

Um dos problemas mais recorrentes de quem utiliza o WhatsApp com frequência pode ser a falta de espaço no dispositivo. Isso porque por padrão, o aplicativo utiliza a memória do aparelho para armazenar imagens, áudios e arquivos em geral recebidos pelo usuário.

Felizmente, no entanto, com algumas dicas é possível driblar essa situação e evitar que a memória cheia se torne um complicador do bom desempenho do dispositivo. Para ajudar quem deseja contornar esse tipo de problema então, apresentamos algumas dessas dicas logo a seguir. Veja!

Dicas para contornar o problema de memória cheia no WhatsApp

Desativar o salvamento automático de mídia

Quem é adepto da praticidade, geralmente não se preocupa com o recurso de download automático de mídia oferecido pelo WhatsApp. A verdade, porém, é que isso pode consumir muito espaço do dispositivo.

Uma dica, portanto, é desativar esse recurso, o que é possível por meio das configurações do app. Depois disso o usuário consegue ter controle sobre os arquivos que pretende salvar no dispositivo, podendo deixar de lado os arquivos que não interessam.

Para desabilitar a função, os usuários do iOS precisam seguir o caminho: “Ajustes” > “Uso de Dados”. Depois disso é só definir os tipos de arquivos como “Nunca”. Já para os usuários do Android, o caminho é: “Configurações” > “Uso de Dados”. Na sequência basta entrar nas opções “Quanto utilizar rede de dados” e “Quando conectado ao Wi-Fi” para desmarcar todos os tipos de arquivos.

Apagar a galeria de mídia do WhatsApp

Quem participa de muitos grupos ou conversa com muitos contatos no WhatsApp, tende a receber muitas mídias. Uma dica para evitar memória cheia em um curto período é excluir os arquivos desses chats em particular.

O processo para isso é bastante simples: entrar no menu da conversa e encontrar a opção “Mídia” (ou “Mídia do grupo” se for em grupos). Ao fazer isso serão apresentados os arquivos já enviados e recebidos, pelo que, bastará escolher os que deseja eliminar e clicar na lixeira para apagá-los.

Leia também:

Apagar cópias “escondidas” das fotos

Os arquivos recebidos em uma conversa, mesmo depois de apagados podem sobrecarregar a memória do smartphone. Isso porque o aplicativo cria uma espécie de “cópia escondida” das fotos enviadas.

Para apagar essas imagens de uma vez por todas, uma alternativa é usar um gerenciador de arquivos como o ES File Explorer Manager ou o Clean File Manager, ambos à disposição dos usuários do Android.

Uma vez instalado, o gerenciador permite a seleção do armazenamento do celular e a localização da pasta do WhatsApp. Dito isso, é só abrir a subpsta “Media”, entrar em “WhatsApp Images” e verificar se dentro dela há uma pasta nomeada como “Sent”. A partir daí é só selecionar os arquivos que deseja excluir e clicar na lixeira. Também é possível realizar essa exclusão utilizando o computador.

Usar um app para limpar seu WhatsApp

Outra dica para ajudar a amenizar o problema de memória cheia com WhatsApp, é usar aplicativos orientados especificamente á missão de limpar dados do mensageiro.

Uma das opções é o Limpador para WhatsApp, que pode ser baixado gratuitamente para Android. O serviço calcula o espaço gasto com as mídias no celular e identifica os arquivos duplicados, o que ajuda no processo da limpeza.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: