Topo

Red Dead Redemption: Conheça curiosidades sobre a franquia dos games

Comente

Se a série GTA acabou se tornando a grande galinha dos ovos de ouro da produtora Rockstar, outros games lançados pela empresa também acabaram sendo grandes sucessos e redefinindo conceitos. É o caos de Red Dead Redemption, game que se para no velho oeste e que traz um mundo aberto repleto de possibilidades.

Depois de anos de espera, finalmente os faz do jogo terão a oportunidade de conferir como ficou o grande trabalho feito pela empresa na continuação deste game. Confira algumas curiosidades sobre o jogo:

Red Dead Redemption: Conheça curiosidades sobre a franquia dos games

Jogo perdido

Muitos jogadores terminaram o primeiro jogo da série e acabaram ficando órgãos, esperando ansiosamente pela segunda parte. Mas o que muitos não se deram conta é de que existe um outro jogo que também faz parte do mesmo universo, chamado Red Dead Revolver, lançado no ano de 2004 para PS2 e Xbox. Na verdade este foi o primeiro jogo lançado, mas Redemption acabou sendo tratado como um reboot.

Mais caro

Veja também:

Se quantidade de dinheiro gasto estiver diretamente relacionado com a qualidade do jogo (o que geralmente acontece), Red Dead Redemption deverá ser uma história épica. O jogo aparece na lista dos 10 mais caros de toda a história da indústria dos games. Foram mais de 100 milhões de dólares gastos apenas com desenvolvimento, sem contar com os gastos de marketing.

Atores cotados

O ator Rob Wiethoff foi o escolhido para dar vida ao protagonista do jogo na sequencia, John Marston. Mas outros grandes nomes da indústria de Hollywood também estiveram, dentre eles Clint Eastwood, Robert Redford e Robert Duvall.

Cuidado no tom

Uma das principais preocupações da Rockstar em relação ao desenvolvimento da historia e das falas deste novo game foram em relação ao racismo. Como se sabe, esse problema era ainda mais intenso e normatizado na sociedade norte-americana em 1911, ano em que se passa o game (o Ato de Emancipação foi emitido pouco antes, em 1863). Embora a equipe buscasse o maior realismo possível, eles concordaram em atenuar vários diálogos. A empresa preferiu evitar entrar na polemica e amenizar bastante o tom.

Trabalho de campo

Para conseguir fazer um excelente trabalho de reconstituição, boa parte do dinheiro gasto foi em pesquisa. Os profissionais da desenvolvedora realizaram um exaustivo trabalho que envolveu visitas à bibliotecas e viagens pelos EUA observando cenários e coletando informações e fotografias de referência, além de consultar até catálogos de compras da época para poder recriar os móveis da época com fidelidade.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: