Topo

Relembre grandes países que já não existem mais

Comente

É muito complicado, para algumas pessoas, conseguir imaginar como o mundo era antes dela nascer. A história serve justamente para que as pessoas entendam o que aconteceu e como a humanidade chegou onde está. E, algo que a história sempre nos ensinou, é que nenhuma grande nação dura para sempre. Super potencias nascem e morrem o tempo inteiro ao longo da história.

Confira algumas nações que já foram muito importantes e que simplesmente deixaram de existir:

Império Austro-Húngaro

Relembre grandes países que já não existem mais

Este foi um grande império, nascido da união da Hungria com o império Austríaco, e que se tornou um exemplo de nação multicultural. Também acabou se tornando uma grande potência econômica, principalmente após a queda do Sacro Império Romano-Germânico no século XIX. Mas a região, com uma grande variedade de grupos étnicos, acabou ruindo depois da Primeira Guerra Mundial.

Tchecoslováquia

Veja também:

Com o fim do Império Austro-Húngaro, houve espaço para o crescimento e o desenvolvimento de uma dos países que conseguiu manter maior estabilidade dentro da região. . Entre 1948 e 1989 o país esteve sob o domínio da União Soviética, resolvido pacificamente para o lado separatista em 1990. Com um novo parlamento, os desentendimentos entre tchecos e eslovacos cresceram exponencialmente, levando a divisão em duas novas nações: República Tcheca e Eslováquia em 1993.

Alemanha Oriental

O mundo como vemos atualmente acabou sendo desenhado, na sua grande maioria, pelos resultados da Segunda Guerra Mundial. Mas nem tudo o que resultou do final deste confronto se mantém até hoje. Um exemplo é o da Alemanha Oriental. Essa região pertencia a União Soviética, mas acabou sendo deixada completamente de lado pelo governo. Com isso, muitos tentavam ir para a outra Alemanha, ultrapassando ilegalmente o famoso Muro de Berlim. Com a queda do muro, no ano de 1990, a Alemanha Oriental deixou de existir, unificando o país.

Reino do Havaí

Há cerca de um século atrás o Havaí não era simplesmente uma região pertencente aos Estados Unidos e tinha total independência. Além disso, ele exercia uma certa influencia sobre os países do pacífico, especialmente devido a sua posição, que podia ser considerada estratégica para transações comerciais. As ilhas foram unificadas em 1810 sob o comando de Kamehameha. Foi basicamente uma monarquia durante boa parte da sua história, mas não conseguiu se sustentar mais depois que as empresas agrícolas locais passaram a fazer pressão, com um forte apoio dos Estados Unidos.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: