Topo

Mitos bizarros sobre o corpo feminino que eram vistos como verdade no passado

Comente

O assunto "corpo feminino" sempre foi cercado por mitos e curiosidades, uma vez que nem mesmo algumas mulheres conseguem conhecer a si mesmas e o próprio corpo, especialmente por ele conter órgãos sexuais internos, diferentemente do homem.

Talvez por isso, no passado existiam muitos mitos e crendices em relação ao corpo feminino que com o conhecimento que temos hoje tornou-se possível perceber que tudo não se tratava de uma grande bobagem. Veja a seguir algumas algumas imposições e suposições que foram tidas como verdades sobre o corpo feminino.

Mitos do passado sobre o corpo da mulher

O útero passeava pelo corpo

O útero passeava pelo corpo lendas antigas

Hipócrates é considerado um dos “pais da medicina”, mas ele acreditava e pregava que o útero feminino podia passear pelo corpo da mulher. Segundo ele, esses movimentos ocorriam de forma involuntária, sendo assim a mulher não tinha controle de onde seu órgão estaria em cada momento.

Se olhassem coisas feias na gestação as mulheres teriam filhos feios

Mitos bizarros sobre o corpo feminino que eram vistos como verdade no passado

Veja também:

Um dos grandes segredos para se ter filhos bonitos no passado, era evitar que as mulheres gestantes olhassem para coisas feias, dessa forma a criança nasceria bonita. Obviamente a beleza é algo genético, logo, as grávidas não precisam andar "vendadas" hoje em dia.

Mulher menstruada destruíam as coisas naturalmente

Mulher menstruada destruíam as coisas naturalmente

De acordo com o romano Plínio, uma mulher poderia quebrar tudo que estivesse por perto caso estivesse em seu período menstrual. Ele acreditava que se a mulher ficasse perto da colheita, produção de vinagre ou desenvolvimento de frutas, tudo se perderia se ela estivesse menstruada.

“As mulheres são homens que deram errado”

“As mulheres são homens que deram errado”

Aristóteles é reconhecido atualmente como um dos maiores pensadores da história, porém, nem ele conseguiu entender o corpo feminino. Ele acreditava que as mulheres eram homens deformados, sendo elas, portanto, bem inferiores aos homens. Isso significa que, quem ouvia o que o pensador dizia, acreditava que a mulher era um homem não desenvolvido corretamente no ventre.

Mulher poderia ficar estéril se lesse demais

Mulher poderia ficar estéril se lesse demais

Edward Hammond Clarke era um professor e autor que lecionava na Universidade Harvard. Reza a lenda que certa vez ele fez uma constatação dizendo que “Uma mulher não pode lidar com a educação, elas devem ser proibidas de ler um livro por mais de 4 horas por dia, caso contrário ela correrá o risco de infertilidade e irritabilidade”.

Hoje em dia isso soa absurdo, porém durante o século XVIII, a leitura para as mulheres era proibida em muitos lugares no mundo.

A menopausa era vista como um distúrbio mental

A menopausa era vista como um distúrbio mental

Outro fato ridículo do passado em relação ao corpo feminino é que quando algumas mulheres chegavam à menopausa e procuravam ajuda com os sintomas, eram tratadas como se tivessem algum distúrbio mental. A fim de solucionar o problema, muitas mulheres foram submetidas a banhos químicos altamente perigosos.

Mulheres possuem menos dentes do que os homens

Mulheres possuem menos dentes do que os homens

Sim, isso não era algo que somente a ciência poderia resolver, bastaria parar um pouco para contar os dentes e comparar. Mesmo assim Aristóteles acreditava que as mulheres possuíam menos dentes que os homens.

“Os seios servem para serem admirados e também esquentar o coração”

“Os seios servem para serem admirados e também esquentar o coração”

Segundo notícias, Henri De Mondeville, médico real na França no século XIV, em uma carta direcionada ao seu rei, declarou que os seios das mulheres serviam apenas para ser observados por homens e também para aquecer e fortalecer o coração.

“O corpo de uma virgem pode restaurar a juventude e a saúde de um homem”

“O corpo de uma virgem pode restaurar a juventude e a saúde de um homem”

No passado acreditava-se que apenas o fato de dormir ao lado de uma virgem, poderia provocar restauração da saúde e da juventude. Essa prática veio à tona a partir da história bíblica do Rei Davi, que foi julgado muito velho para conseguir aquecer seu próprio corpo e teria pedido para que lhe arranjassem uma virgem para dormir ao seu lado a fim de lhe restaurar.

Vaginas com dentes

Lendas antigas acreditavam em Vaginas com dentes

Esse deve ser um dos maiores absurdos já relatados sobre a vagina. Antigamente os homens acreditavam que a vagina poderia desenvolver dentes, mesmo assim eles se aventuravam no sexo, aparentemente o medo de levar uma mordida não era o bastante para desestimular a prática.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: