Topo

Conheça algumas das piores quarentenas da história

Comente


O mundo todo está entrando em quarentena em plano ano de 2020, com a pandemia do novo coronavírus. Para a grande maioria das pessoas, essa é a primeira experiencia de um perigo mundial que acaba alcançando as pessoas como um todo. Mas o novo coronavírus não é, nem de perto, a única ameaça desta natureza enfrentada pela sociedade de uma forma geral. 

O procedimento de quarentena foi criado originalmente na Idade Média, durante o século 14, e tinha como principal objetivo proteger as cidades costeiras de epidemias. Navios e outros portos com suspeita de doenças contagiosas ficavam bloqueados durante 40 dias. Hoje em dia os períodos de isolamento variam, e não mais seguem o protocolo dos 40 dias. Mesmo assim, o nome segue sendo este.

Ao longo da história da humanidade, diversos momentos de isolamento acabaram entrando para a história. Até mesmo o terceiro livro da bíblia e do Antigo Testamento cristão possuem alguns relatos de quarentena. Mas diversos outros períodos da história também tiveram momentos semelhantes. 

Confira algumas das principais quarentenas da história:

Peste Bubônica (1370)

Veja também:

Uma das doenças mais sérias da história da humanidade, que obrigou as pessoas a se isolarem na Europa, entre os anos de 1347 e 1352. A doença, que também ficou conhecida como Peste Negra, matou cerca de 20 milhões de pessoas ao redor do planeta, atingindo tanto as camadas mais altas quanto as camadas mais baixas. 

Febre Amarela (1793)

Os Estados Unidos acabaram vivendo um grande surto dessa doença no ano de 1793. A febre amarela matou cerca de 5 mil pessoas apenas na cidade da Filadélfia, que naquela época era a capital do país. No pico da doença chegavam a morrer 100 pessoas por dia, e milhões fugiram para o interior na tentativa de escapar da doença. 

Tifo (1892)

A doença acabou se espalhando pela cidade de Nova York através dos piolhos que chegaram junto com imigrantes judeus da Rússia. Pelo menos 70 pessoas tiveram que ficar isoladas, de quarentena, em tendas que foram instaladas em North Brother Island. 

Gripe Espanhola (1917-1919)

Conheça algumas das piores quarentenas da história

Uma das maiores pandemias da história da humanidade, matou quase 50 milhões de pessoas ao redor do mundo. As mortes foram um resultado da falta de ferramentas médicas básicas em 1918. Além disso, as terríveis condições de vida naquele momento trágico da história da humanidade contribuíram para a mortalidade da pandemia. As trincheiras, por exemplo, se tornaram o ambiente ideal para infecções entre soldados da Primeira Guerra Mundial.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: