Topo

Conheça algumas curiosidades sobre a Operação Paperclip

Comente

Nazistas acabaram sendo perseguidos durante e após a Segunda Guerra Mundial, com a derrota fatídica da Alemanha e de todo o seu projeto de expansão. Mas um grupo de cientistas que estavam diretamente relacionados a Adolf Hitler acabaram indo parar nos Estados Unidos. Mais do que isso, este grupo acabou se tornando importante em diversos projetos de pesquisa dos americanos. Essa operação foi chamada de Paperclip, ou Clipe de Papel. 

Basicamente este foi um movimento feito pelos Estados Unidos com o objetivo de fazer com que os cientistas que trabalhavam para o regime de Adolf Hitler não fosse parar nas mãos da União Soviética, uma vez que depois da Segunda Guerra Mundial o mundo ficou praticamente dividido entre apoiadores dos Estados Unidos e da URSS.

Conheça algumas curiosidades sobre a Operação Paperclip

O grupo de cientistas foi formado por matemáticos, engenheiros e cientistas convocados por Werner Osenberg, um cientista que trabalhava no ramo de desenvolvimento de materiais e armamentos e que já se dedicava a atender as necessidades do exército alemão. Seus recrutados passaram a fazer parte do que ficou conhecido como a Lista de Osenberg e deveriam desenvolver armas químicas para o Partido Nazista.

Veja também:

Quando os Estados Unidos descobriram um plano nazista para desenvolver uma arma biológica para espalhar a peste bubônica, foi criado um grande esforço para levar estes cientistas para a América. Mas o exército americano ainda tinha uma grande dificuldade de descobrir quem realmente eram aqueles cientistas e como poderia ter acesso ao grupo. 

Foi então que um grande plano teve início, com a descoberta de uma lista de nomes e depois com um movimento do exército americano que conseguiu invadir uma base secreta e sequestrar os cientistas que estavam trabalhando no local. O presidente Harry Truman apoiou a “contratação” desses pesquisadores alemães, desde que não fossem nazista. Como esse não era o caso, foi preciso dar um jeitinho nas regras.

Com isso, diversos cientistas acabaram sendo, aos poucos, absorvidos por diversas áreas da pesquisa cientifica norte americana. Um dos mais conhecidos foi Wernher von Braun, que viria a se tornar o diretor do Centro de Voos Espaciais George C. Marshall, da NASA. Ele acabou se tornando um herói nacional ao conseguir colocar os Estados Unidos na frente na corrida espacial, mas teve diversos crimes esquecidos, como a utilização de presos dos campos de concentração em suas pesquisas. 




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: