Topo

Conheça algumas curiosidades incomuns sobre a Grécia

Comente

A Grécia antiga pode ser considerada como um dos momentos mais importantes de toda a evolução humana na Terra. É apontado por diversos especialistas como o momento no qual as pessoas evoluíram muito em um curto período de tempo, descobrindo coisas que tiveram um impacto considerado fundamental para a chegada dos homens nos locais onde eles chegaram.

Mas a civilização Grega estava longe de ser apenas formada por coisas boas e bonitas. De fato, existem diversas curiosidades que costumam que acabam não sendo contadas como deveriam na escola.

Conheça algumas curiosidades incomuns sobre a Grécia

Confira algumas curiosidades incomuns sobre a Grécia.

Sacrifícios em nome dos deuses

Veja também:

Hoje em dia vivemos um momento no qual as religiões são extremamente questionadas por diversas pessoas ao redor do planeta. Mas na Grécia antiga, os deuses realmente mandavam. Por isso, eles recebiam uma grande quantidade de oferendas, e também de sacrifícios. Mas, ao contrario do que podia ser encontrado em outras culturas, os gregos sacrificavam apenas animais. Não eram registrados, portanto não eram considerados comuns, sacrifícios de humanos para agradar os deuses.

Fedor público

Os gregos conseguiram criar uma sociedade que reunia uma grande quantidade de avanços tecnológicos e científicos para a época. Mas teve um problema que eles realmente não conseguiam resolver: o saneamento básico, que simplesmente não existia. Todos os excrementos gerados pelas pessoas e pelos animais acabam sendo jogados nas ruas, então o fedor era realmente intenso.

Contaminações

Por causa disso, grandes cidades, como Atenas (que chegou a registrar a incrível marca de 500 mil habitantes no seu auge) sofriam com problemas relacionados as doenças que surgiam no dia a dia e as contaminações, que corriam desenfreadas. Frequentemente as pessoas acabavam sofrendo com as contaminações da água e dos próprios alimentos que eram consumidos. Insetos e roedores também podiam ser considerados como pragas muito comuns no dia a dia dos gregos.

Escravos

Somente aquelas pessoas que podiam ser consideradas como as mais miseráveis da Grécia não tinham escravos. As pessoas que tinham empregos comuns e que podiam ser consideradas como “classe média” tinham escravos, e os mais ricos acabam se diferenciando por ter uma grande quantidade de pessoas que lhes serviam.

Divórcios

Algo que era considerado como incomum nas sociedades que vieram depois, o divórcio era permitido na Grécia, mas apenas em determinadas circunstâncias. Na verdade, para os homens o processo era bastante fácil: caso estivesse infeliz, bastava com que ele “devolvesse” a esposa à família juntamente com o dote recebido e pronto. 




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: