Topo

Confira algumas incríveis descobertas científicas sobre a risada

Comente

Bem além da expressão facial, o momento de lazer ou mesmo os minutos de distração, a risada vai bem além de qualquer tipo de raça ou de espécie. Seus efeitos colaterais e seus impulsos ocorrem de forma mais natural do que imaginamos, e poderão derivar em muitas respostas positivas do organismo, estas relacionadas ao processo de saúde e de bem-estar. Neste cenário, as risadas se tornaram objeto de estudo para muitos cientistas que acabaram descobrindo diversas fronteiras inimagináveis de risos das pessoas. Confira algumas descobertas surpreendentes.

Confira algumas incríveis descobertas científicas sobre a risada

O riso falso

Para esta situação foi realizada uma pesquisa no ano de 1918, onde foi identificado que risos falsos estão presentes de forma cultural em algumas sociedades. O resultado foi que independente de seu povo de origem, praticamente todos os voluntários acabaram se saindo bem nas distinções. Nos países menos desenvolvidos, o sorriso falso ocorre de forma menos frequente e as pessoas são ligadas de forma emocional, se utilizando de atos espontâneos e principalmente genuínos.

O sorriso e a imunidade

As situações de sorriso favorecem uma redução da liberação de hormônios, estes que são relacionados ao estresse como por exemplo o cortisol e a adrenalina, este ato facilita ainda a digestão e a limpeza dos pulmões. Um verdadeiro antídoto para doenças, as pessoas que sorriem com maior frequência tendem a ser mais saudáveis, deixando a mente muito mais ativa e principalmente facilitando o relacionamento junto do meio social.

A psicopatia

Veja também:

Diversas questões de ter uma mente contagiada ou não por emoções de forma externa poderão ser relacionadas ao comportamento de psicopatas. O ato de alguém rir em sua frente e fazer você rir também, foi identificado nas pesquisas que grande parte das crianças se encontram em um espectro de possíveis casos de psicopatia, com um comportamento disruptivo. As crianças que foram consideradas “normais” responderam bem aos sons de uma risada genuína, já as com distúrbios tiveram menos atividades cerebrais.

A risada e o trabalho

Estando em um estado subconsciente de guarda baixa, bem como relaxamento e segurança, a risada, quando ocorre em um ambiente de trabalho, poderá proporcionar uma associação livre de ideias, gerando assim uma maior criatividade, e um fluxo de pensamentos de acordo com especialistas no assunto. Interessante não é mesmo? Agora certamente quando você gargalhar, irá visualizar a sua risada com outros olhos.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: