Topo

5 curiosidades sobre o gás hélio

Comente

O gás hélio conta com uma série de curiosidades que chamam á atenção das pessoas. No Brasil temos o famoso caso do padre que decidiu sair voando com balões de hélio, e conseguiu, porém o resultado final disto foi um tanto trágico, pois ele acabou vindo a falecer. Confira algumas peculiaridades sobre este gás.

5 curiosidades sobre o gás hélio

O nome vem diretamente do Sol.

O nome hélio vem de Hélios, o deus grego do Sol. Foi por lá, na estrela central do Sistema Solar que os astrônomos descobriram este elemento químico durante o ano de 1860.

O gás e os balões

O hélio é um gás mais leve e menos denso entre todos os elementos químicos existentes, considerado inclusive sete vezes mais leve do que o ar. Esta situação ocorre por conta da estabilidade química e seus átomos que são bem pequenos. Por conta destas características, os balões que são preenchidos com gás hélio devem flutuar.

Hélio deixa as pessoas com voz engraçada

Veja também:

Aquela voz engraçada que sai quando alguém inala o gás hélio é uma situação bastante curiosa. O grande fato está justamente por ele ser mais leve do que o ar, aumentando a velocidade que a voz se propaga, além da frequência que também é aumentada, deixando a voz bastante aguda.

Apesar do gás não ser tóxico, ele é perigoso, e inalar o hélio pode cortar o fluxo de oxigênio que vai para o cérebro, levando a pessoa até a morte.

O gás é utilizado por mergulhadores

Como o gás não é tóxico e pode ser comprimido facilmente, ele é utilizado por mergulhadores para substituir o nitrogênio que faz parte de 75% do ar que respiramos. O motivo principal é que quando submetido a altas pressões, como por exemplo os mergulhos mais profundos, o nitrogênio poderá gerar a conhecida situação de embriaguez de profundezas, ou seja, a narcose por nitrogênio.

Esta situação ocorre quando o elemento químico passa a ser dissolvido em tecidos do nosso corpo, atrasando desta forma as transmissões de impulsos nervosos de nossos neurônios. A partir desta condição os mergulhadores poderão ter convulsões e ainda morrer por afogamento, a solução encontrada para que isto não ocorra é diluir o gás oxigênio junto ao gás hélio.

O Hélio pode acabar

Este gás leva milhares de anos para se formar e cientistas alertam que este é um recurso não renovável, e difícil de encontrar, manter e impossível de ser reciclado. Um campo de gás hélio foi encontrado recentemente em Rukwa na Tanzâna e conforme estimativas ele é maior do que todas as reservas existentes de hélio nos Estados Unidos.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: