Topo

Como controlar os sintomas da enxaqueca sem remédios

Comente

Pessoas que sofrem frequentemente com as enxaquecas costumam preocupar-se com todos os detalhes a fim de evitar esse tipo de dor, recorrendo até mesmo de maneira intensa ao uso de medicamentos, entretanto, essa opção, nem sempre tende a ser a mais adequada.

Quem sofre desse tipo de mal precisa, além de consultar um profissional médico qualificado, realizar algumas mudanças em seus hábitos, pois, de acordo com alguns especialistas, o sedentarismo e o jejum prolongado podem estar diretamente relacionado com a doença.

Dicas de como controlar os sintomas da enxaqueca sem remédios

aliviar-enxaqueca-sem-remedios

A alimentação deve ser feita em horários regulares

Não é saudável para ninguém ficar muitas horas sem alimentar-se, e é ainda pior para quem sofre de enxaqueca, estômago vazio pode ser um despertador para a dor, por isso manter o hábito de se alimentar em horários específicos e regulares tende a ser um dos mais saudáveis hábitos que se pode ter. Para evitar eventuais deslizes, o ideal é carregar sempre algumas frutas, barra de cereal e/ou iogurte, pois, dessa forma, sempre terá algo saudável por perto.

Peso ideal é essencial

Não há nenhum estudo que comprove que o sobrepeso esteja diretamente ligado às ocorrências de enxaqueca, entretanto, um estudo realizado com 30 mil pessoas mostrou que algumas das que estavam acima do peso, sentiam dores de cabeça de maneira mais frequente que aquelas que mantinham um peso ideal, pelo que, acredita-se ser possível, que o excesso de gordura no corpo possa aumentar a inflamação do organismo deixando-o mais fraco e consequentemente exposto a quaisquer tipos de dores.

Relaxar faz bem

Pessoas que vivem constantemente sobre grande carga de estresse, também tendem a ser mais propensas a sofrer com os sintomas da enxaqueca. Viver de forma mais tranquila não só diminuirá a frequência com que acontecem as crises como também reduzirá a duração da enxaqueca. Para relaxar, o ideal é usar aquilo pelo que se é apaixonado a favor, além disso é sempre importante tirar um tempo diário para si mesmo, ouvir músicas e até mesmo, ceder a prática da meditação.  Há quem diga ainda que trabalhos artesanais são também de grande ajuda na missão de amenizar o estresse.

Leia também:

Durma bem, mas não exagerar

Durma diariamente 8 horas por noite, tente dormi e acordar sempre no mesmo horario mesmo nos finais de semana.  Perder o sono pode causar dores de cabeça, ficar muito tempo na cama também, por isso é importante calcular o tempo certo para o descanso.

terapias complementares

Por mais incrível que possa parecer, o fato é que realizar em um período de ao menos a cada 15 dias ou ainda que seja uma vez ao mês algum tipo de terapia complementar, tais quais acupuntura, massagem e biofeedback, tende a ajudar na redução das tensões do dia a dia, reduzindo por consequência a frequência dos sintomas da enxaqueca.

Exercícios físicos podem fazer muito bem

Muito embora alguns exercícios mais intensos possam acabar levando ao desgaste maior do corpo e consequentemente um aumento nos níveis de ocorrências da enxaqueca, o fato é que, a prática de exercícios leves pode acabar servindo como alívio da tensão, além de proporcionar melhor oxigenação no tecido da pele e a consequente redução dos sintomas relacionados às dores.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: