Topo

Alergias da primavera: saiba como prevenir

Comente

A primavera é uma das estações mais aguardadas e queridas da grande maioria das pessoas no Brasil. Antes de mais nada, é um momento que marca o final do inverno, que pode ser muito intenso especialmente na parte mais ao sul do país. Também é uma estação que é caracterizada, na sua grande maioria, por temperaturas amenas e mais confortáveis, antes da chegada do verão, que costuma castigar bastante por aqui. 

Um outro ponto que sempre pesa em favor da primavera é o fato dela ser considerada como a estação mais colorida de todas. Afinal de contas, é neste momento em que as flores costumam surgir com toda sua força, colorindo bastante as ruas. Mas este também acaba sendo um dos grandes problemas para algumas pessoas: aquelas que sofrem de determinadas alergias. 

E grande parte dessas alergias acabam surgindo a partir do desprendimento dos pólens que acabam surgindo justamente dessas flores. O pólen é o elemento da planta que contém o gameta masculino das plantas com flores. Os grãos do pólen são produzidos em uma parte da planta chamada anteras, e que servem basicamente para fazer com que essa plantas se espalhem. 

Veja também:

E uma das suas principais características é o fato de que este pólen é tão leve que acaba sendo transportado com uma certa facilidade com correntes do ar, para que essas plantes se espalhem. O problema é que estes mesmos grãos também chegam diretamente nas vias respiratórias das pessoas. E isso causa problemas como rinite, bronquite, sinusite e asma, que acabam se tornando as doenças mais comuns neste período. 

Alergias da primavera: saiba como prevenir

Por que as alergias são tão comuns na primavera?

Além da maior produção de pólen que se dá neste período, existem diversas outras condições naturais que faz com que existam condições que se tornam mais propícias para proliferação de fungos, ácaros e bactérias, tais como o aumento da temperatura e também a umidade que se tornam muito comuns durante a estação que antecede o verão. 

Como identificar as alergias?

As principais alergias contam com determinadas características que acabam tornando elas mais fáceis de serem identificadas. Dentre os sintomas mais comuns estão espirros frequentes, coceira no nariz, olhos ou garganta, olhos e nariz vermelhos, tosse constante, nariz entupido, chiado no peito e também expectoração. 

Mas estes sintomas também acabam apontando para outras doenças respiratórias, inclusive mais recentemente da Covid-19, que acabou preocupando todo mundo em virtude da possibilidade de alguns espirros indicar uma doença considerada como de alto risco. Mas, vale ressaltar, que as alergias acabam, na sua grande maioria, não trazendo sintomas que são característicos de infecções respiratórias, como é o caso de febre ou dores pelo corpo. 

Como diminuir os riscos das alergias durante a primavera?

  • Antes de mais nada, é fundamental que as pessoas mantenham as janelas muito bem abertas da sua casa, pois isso vai fazer com que exista uma maior circulação do ar, impedindo que exista uma concentração de poeira, ácaros e similares. Este procedimento deve ser feito todos os dias, arejando bem o ambiente;
  • Determinadas operações utilizando produtos utilizados no dia a dia pode ser interessante, como a lavagem do nariz com soro fisiológico. Este é um procedimento que pode ser feito pelo menos uma vez ao dia, e ajuda muito a tirar as impurezas e também para diminuir o efeito que o pólen acaba tendo nas vias respiratórias;
  • Caso as pessoas saibam que existe uma maior sensibilidade para efeitos de pólens de flores e similares, é importante que as pessoas acabem evitando determinados lugares, como locais que tenham jardins muito floridos ou ainda locais que tenham uma grande concentração de ventos próximos de flores e árvores;
  • Muitas pessoas acreditam que o problema de alergia acaba surgindo a partir da entrada da poeira e do pólen pelo nariz. Mas, na verdade, estes elementos causam alergia em diversas partes do corpo, sendo que uma delas são os olhos. Por isso, é muito mais interessante que as pessoas utilizem óculos de sol ou mesmo de grau durante os dias mais ventosos;
  • O sol pode acabar se tornando um grande aliado para eliminar determinadas ameaças no dia a dia das pessoas. Quando as pessoas lavam suas roupas, especialmente as camas, é muito interessante que elas sejam secas diretamente no sol, pois isso ajuda a eliminar microrganismos que podem acabar se acumulando no tecido;
  • Forre o colchão e o travesseiro com material impermeável para evitar o contato com outros causadores de alergias como ácaros e mofos. O ideal é usar colchão e travesseiro de espuma. O maior causador de alergia é o travesseiro de pena;
  • Mantenha sempre um cuidado ao manusear produtos de limpeza, pois alguns podem acabar irritar a mucosa nasal. 

Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: