Topo

Da escolha ao preparo: veja dicas para não errar nas receitas com alcachofra

Comente

A primavera está no ar e esse é o período onde se pressupõe um desabroxar da natureza. Mas não é só isso, além dessa estação representar a época da natureza, seja na moda ou na fauna, ela também pode especial para quem aprecia uma boa alimentação.

Exemplo disso é que essa é a época da alcachofra, com destaque para esse mês de outubro, onde não por acaso, ela aparece em todos os menus dos grandes restaurantestes, seja em preparos cozidos, na salada, no risoto ou no recheio de massas.

[Image]

Só que você não precisa restringir seu consumo apenas ao cardápio das lanchonetes, longe disso. É possível preparar o alimento com requinte aí mesmo na sua casa. A seguir mostramos algumas dicas para usar a alcachofra de diferentes maneiras e inovar em suas receitas. Veja!

Como se sair bem nas receitas com alcachofra

Saiba escolher

Na hora de escolher a alcachofra, procure optar pelas que parecem mais viçosas, com cor viva e folhas inteiras. Não se esqueça que as folhas de alcachofras frescas têm um tom arroxeado muito característico do lado de dentro. Para conservar a alcachofra, basta colocá-las em um saco plástico e armazenar na geladeira.

Como limpar

Existe diferentes formas de limpar a alcachofra, mas isso vai depender da forma com que ela será preparada. Seja como for, o primeiro passo é cortar as pontas das pétalas com uma faca afiada ou uma tesoura, abrindo um pouco as folhas.

Em seguida, lave a hortaliça para remover eventuais impurezas e insetos e deixe-a mergulhada em água com um pouco de limão, dessa forma evita que a planta escureça. Depois basta cortar o seu talo o mais próximo possível da base. Se desejar, pode reaproveitá-lo bem picado e cozido em recheios de massas ou ainda como parte de molhos.

Modo de preparo

Se desejar cozinhar a alcachofra inteira, a dica é colocá-la na panela com água salgada fervente o suficiente para cobrir a planta e adicionar suco de um limão. Em seguida tampe a panela e deixe cozinhando em fogo brando por 20 minutos, ou até o centro da alcachofra estar macio, para ter certeza basta espetetar com um garfo ou a ponta de uma faca para verificar.

Já no caso do preparo do fundo de alcachofra, retire-a após cozinhar na água quente, as folhas e os pelos da planta e coloque o miolo imerso dentro da água com limão, para que ele não escureça. Agora, se for preparar mini alcachofras, remova as folhas mais externas até revelar o miolo arroxeado. Uma dica é cortar a planta em quatro partes, tomando cuidando para remover as partes mais fibrosas na base.

Como combinar com outros pratos

As alcachofras cozidas normalmente são servida com manteiga derretida para mergulhar nas folhas, porém, há quem prefira serví-las frias com guarnições como maionese ou com azeite e sal. Mas há também quem a use como recheio de lasanha e no meio de risotos, porém os ingredientes que ela destaca mais são camarão, salmão, e por mais estranho que pareça, com mortadela.

Ao ser combinada com mortadela, ela exibe um sabor mentolado. Outra dica é evitar de combinar a alcachofra com vinhos tintos com muito tanino, pois a reação química é muito negativa, deixando o vinho com sabor de ferrugem. O ideal é combiná-la com vinhos brancos ou tintos mais leves.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: