Topo

Carne para o dia a dia: veja dicas para fazer as melhores escolhas no açougue

Comente

Mesmo sendo prejudicial à saúde quando consumida em excesso, a carne vermelha é um item comum à mesa da maioria dos brasileiros, seja frita, assada, ou mesmo como complemento para caldos e ensopados.

Em todo caso, porém, é de suma importância saber comprar o tipo de carne ideal para cada tipo de receita. Sabendo disso, portanto, apresentamos a seguir uma lista de dicas a considerar na hora de ir ao açougue. Confira!

Dicas simples e práticas para comprar a carne do dia a dia

Característica de uma boa carne vermelha

Característica de uma boa carne vermelha

O que o consumidor precisa ter em mente é que a carne vermelha precisa ter exatamente a coloração vermelha. Por isso, nada de carnes com manchas ou áreas escuras, elas precisam estar completamente avermelhadas, não viscosas e além de tudo bem firmes.

A dica para a hora de comprar a carne, portanto, é observar os dois lados da peça, isso vai minimizar as chances de erro. Outro detalhe que se deve levar em conta é o odor da carne, pois se estiver muito forte pode significar que há algo de errado com a peça.

Vale dizer ainda, que a gordura da carne deve apresentar coloração branca ou amarela do tipo pálido, se ela apresentar uma coloração escura significa que não é fresca.

Carne moída

Carne moída

O ideal seria comprar a carne inteira e moer em casa mesmo, mas para quem não tem processador e quer comprar o alimento já moído, a dica é pedir para moer a peça na hora e diante das vistas. Isso ajuda a garantir uma carne fresca e sem mistura de um tipo de carne indesejado.

Vale dizer que, se a intenção for preparar hambúrgueres ou bolinhos de carne, é bom pedir para moer um pouco de gordura junto com a carne, isso garante um resultado bem mais saboroso.

Leia também:

Carne para ensopados

Carne para ensopados

E para a hora de preparar ensopados, a dica é pedir ao açougueiro peças como acém, ponta de agulha ou coxão mole, esses tipos de cortes resistem melhor ao cozimento lento.

Vale dizer que, no preparo da carne para o ensopado é bom observar se não há nervos ou gorduras esponjosas na peça, notando sempre também a coloração da carne e evitando consumir aquelas com coloração escura ou viscosa, conforme já mencionado em tópico anterior.

Carnes magras

Carnes magras

Não tem como negar que um pedaço de carne com gordura é bem mais saboroso e suculento, certo? Dependendo o tio de prato que for preparar, aliás, é até melhor deixar a gordura na hora do preparo para retirá-la só na hora de consumir.

Agora, para comer de forma saudável, o ideal é pedir para retirar o excesso da gordura no açougue mesmo, ou escolher peças de carne mais magras, tais como patinho, peixinho ou coxão mole. Nesses casos, porém, é necessário um pouco mais de tempero para obter um sabor mais aguçado.

Não dispense o osso

Carne com osso

A carne com osso também e muito saborosa e pode ser muito útil em determinados pratos, até porque o osso é um ótimo condutor de calor, o que diminui o tempo de cozimento da carne.

Quando for comprar carne com osso, no entanto, a dica é escolher as peças mais altas e prestar atenção na gordura, ela nunca deve possuir uma coloração intensa, pois isso indica que ela não está fresca.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: