Topo

Zeca Pagodinho vai virar tema de Musical

Comente

Zeca Pagodinho é gente como a gente, mas vem levando uma vida mais saudável. O cantor e compositor de diversos artistas, carioca, já foi garoto propaganda de uma rotina quase diária de cerveja, adotando novos hábitos e perdendo peso depois de passar por uma cirurgia de coluna em 2014.

Segundo ele, continua cervejeiro, mas quando chega em Xerém, divide a experiência com os amigos, mas aponta que é difícil beber na Barra, em sua casa, segundo ele, ninguém bebe, e ele não irá beber sozinho.

Zeca Pagodinho mora na Barra da Tijuca, bairro de classe média alta na zona Oeste do Rio de Janeiro, mas que nunca abandona seu sítio de Xerém que fica na baixada Fluminense. O cantor menciona que lá é que ele sai da dieta nas reuniões no quintal com amigos, com quem diz tomar pelo menos umas 20 caixas de cerveja, e nos encontros na casa na Barra com bastante comida pesada.

Zeca Pagodinho vai virar tema de Musical

De acordo com Zeca tudo está ameaçado

Veja também:

Zeca aponta que atualmente está vivendo um momento mais introspectivo, e lamenta a falta de espaço para sambistas nas rádios e fala inclusive em tom triste que não apenas o samba, mas que tudo está ameaçado.

Em recentes entrevistas Zeca informa que ainda não conseguiu visitar o amigo Arlindo Cruz, que voltou recentemente para a sua casa após passar mais de um ano internado por conta de um AVC.

Para Zeca é importante que Arlindo lhe telefone, chame em casa para fazer música, que é a sua esperança.

Sua alegria mais recente é o musical que conta a sua trajetória.

Em cartaz no Teatro Procópio Ferreira em São Paulo, Zeca expressa sua grande alegria, em um musical que irá contar a sua trajetória em curta temporada. Segundo ele, nem sabe explicar a felicidade com o musical, que ficou tão apaixonado por sua própria história, e que se colocassem realmente tudo, o espetáculo duraria mais de um mês.

No musical, dois atores deverão interpretar Jessé, que é o nome verdadeiro de Zeca Pagodinho, e sua vida é narrada como uma fábula, conforme apontou o diretor do musical Gustavo Gasparini, este que assume também o papel do cantor em sua fase mais adulta.

O diretor do musical aponta que queria mostrar que independente de seu sucesso, nunca deixou de ser ele mesmo, um grande representante da sua cidade.

O único pedido de Zeca Pagodinho para o roteiro, falou o diretor, foi a presença na história de baixinho, o ex caseiro do sítio que possui em Xerém, que hoje é um amigo próximo do cantor, e apontou que nada sai como é, mas que o personagem ficou mesmo com um toque de Baixinho.

Mesmo não tendo o hábito de assistir peças e musicais no teatro, ele já viu o espetáculo pelo menos três vezes, e Zeca Pagodinho – Uma história de amor ao Samba já viajou para muitas cidades como por exemplo Rio de Janeiro, Fortaleza, Salvador, Santos, Belo Horizonte, Porto Alegre, e agora em São Paulo em uma temporada que vai até o dia cinco de agosto.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: