Topo

Feministas mandam mensagens para o Dia da Mulher (8 de março) e defendem mudanças

Comente

No dia 8 de março comemora-se o Dia Internacional da Mulher, e com a proximidade da data, diversas feministas têm postado mensagens nos mais diversos meios de comunicação com o intuito de revindicar determinadas mudanças em relação aos direitos das mulheres.

Diante desse panorama, o portal Uol Mulher reuniu uma série de mensagens de feministas em uma matéria recente, na sequência você confere um resumo das principais revindicações feitas por mulheres ao redor do País.

Feministas mandam mensagens para o Dia da Mulher (8 de Março) e defendem mudanças

feministas-mandam-mensagem-dia-da-mulher

Direitos das mulheres frente à cultura machista

Na opinião de uma jornalista, empresária e administradora de página feminista no Facebook, a lei brasileira diz que a mulher tem os mesmos direitos que os homens, mas, ainda assim a cultura faz com que as mulheres cresçam em um ambiente conservador. A sociedade acredita que, biologicamente, a mulher tem traços mais sensíveis que os do homem além do dom de realizar múltiplas tarefas, e por essas crenças populares quando uma mulher resolve lutar por seu direito de liberdade sexual ou qualquer outro tipo de valor diferente do que a sociedade prega, as mulheres sofrem preconceito.

Direitos das mulheres ao próprio corpo

De acordo com uma professora de literatura e língua inglesa, e autora de um blog feminista, muitas coisas ainda carecem de mudança no que diz respeito à mulher. Ela considera desigual ver mulheres que fazem sexo sem compromisso sendo xingadas, enquanto que homens que praticam os mesmos atos são vangloriados pela sociedade. As declarações da professora dão a entender que uma grande mudança precisa acontecer não só no que diz respeito à sexualidade, mas também em relação à liberdade feminina, para que assim as mulheres tenham maiores direitos sobre seus próprios corpos, chegando assim ao ponto em que se consiga legalizar o aborto, a fim de evitar que mulheres morram em mesas de clínicas clandestinas.

Direito de se manter no controle de suas decisões

Um dos ensinamentos que precisam ser mudados na sociedade ocidental é o de que existe mulher fácil, esse tipo de ideia pode agir como um estímulo ao estupro para muitos homens, enquanto que pode levar as mulheres a uma vida sexual limitada. Esse é o resumo da opinião de uma estudante de jornalismo, integrante da Frente Feminina Casperiana e do Grupo de Ação.

Direito da mulher à liberdade

A sociedade precisa enxergar a mulher como uma pessoa livre, que tem o direito de exercer suas próprias vontades. É necessário que a mulher seja vista pela sociedade com igualdade frente ao homem, tendo elas os mesmo direitos que os homens possuem até mesmo no que diz respeito ao moralismo que a sociedade tenta impôr. Essa é a interpretação da opinião de uma estudante de Administração de Empresas e administradora de uma página de lésbicas no Facebook.

Leia também:

Direito da mulher de ser auto-suficiente

A visão do corpo da mulher como propriedade deve ser mudada, pois, a desvalorização do corpo feminino usado de forma abusiva em transporte público e nos ambientes de trabalho devem mudar. Esse é um resumo da opinião de uma representante do Coletivo de Mulheres da PUC-RIO.

Direito de respeito e poder à mulher

Há muito tempo as mulheres brasileiras passam por uma transformação pessoal e profissional, entretanto, de acordo com uma pesquisa 89% dos homens acham inaceitável que a mulher não mantenha a casa em ordem, o que poucos sabem é que quase todos os domicílios possuem um aparelho de TV, enquanto apenas 55% possui maquina de lavar roupa. Outros dados alarmantes dão conta de que 56% das pessoas conhecem um homem que já agrediu uma parceira, e 54% conhecem uma mulher que já sofreu algum tipo de agressão de seu parceiro. Um estudo feito em 2010 apontou que 94% das mulheres acreditam que ainda existe machismo no Brasil. Em meio a tantas conquistas feitas pelas mulheres ainda falta a conquista de respeito e poder. Esse é um resumo das colocações de uma militante Feminista desde os anos 79, especialista em Comunicação Social e Politica na perspectiva de gênero e raça.

Direito à insubmissão e independência

A ideia de que a mulher tem que ser submissa precisa ser mudada, ainda hoje as mulheres são vistas como submissas aos homens, sendo tratadas como propriedades ou objetos de muitos, e encaradas como dependentes deles. Ainda falta muito para que se possa comemora as mudanças. Esse é um resumo da opinião de um engenheiro Civil e administrador de página contra o machismo no Facebook.

Direito à liberdade de escolha

A sociedade deve parar de dizer se as mulheres devem ou não ter filhos ou que tipo de roupa se deve ou não usar, quantos parceiros devem ter,e outros detalhes do tipo. Além disso, deve deixar de culpar as mulheres por assédios sexuais e/ou estupros, dentre várias outras situações impostas às mulheres.  Essa é opinião resumida de uma administradora de página no Facebook, que defende as causas das mulheres.

Direito à luta

As conquistas das mulheres até aqui vão desde seus direitos femininos mais básicos, até o que diz respeito ao seu papel na sociedade. O que não se pode esquecer é que essas conquistas só foram possíveis graças ás lutas dos movimentos feministas. Esse é um resumo do que foi dito por uma doutora em Ciências Sociais.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: