Topo

Segurança no exterior: conheça os países mais pacíficos da atualidade

Comente

Periodicamente, muitos institutos de pesquisa divulgam relatórios que ressaltam características importantes de alguns países ao redor do mundo. Seguindo essa tendência, o Institute for Economics and Peace, publicou recentemente o seu Global Peace Index, que seria uma espécie de “índice global da paz”, onde são analisadas as questões relacionadas à segurança em 163 países.

A lista ajuda a nortear não só os turistas, mas todos aqueles que por alguma razão precisam ou pretendem viajar para o exterior, mostrando quais países são teoricamente os mais seguros para se visitar. A medida é extremamente interessante principalmente em função dos constantes conflitos e problemas relacionados à segurança que muitos países têm enfrentado nos últimos anos.

O levantamento do Institute for Economics and Peace, leva em consideração fatores como índices de assassinatos, quantidade de arma em circulação e tamanho da população carcerária em cada um dos 163 países pesquisados. Logo na sequência, falamos sobre os países que ficaram no “Top 10” dos mais pacíficos do mundo, segundo o índice do instituto. Veja!

Os países apontados como os mais pacíficos do mundo

Islândia

islandia

Na primeira posição do ranking, a Islândia reina absoluta entre as nações mais pacíficas do mundo. Essa é a sexta vez consecutiva que que o país aparece no topo do índice e não dá mostras de que vai perder seu posto tão cedo. Isso se deve principalmente aos baixos níveis de violência que o país possui.

O melhor de tudo, é que atrativos não faltam pra quem pretende fazer uma visita pelas cidades islandesas. São muitas as opções com paisagens incríveis para os turistas, o que inclui vulcões, geleiras, fiordes e muito mais. Isso sem contar que, na capital Reykjavik, é possível conhecer também um dos símbolos do país, que é a Igreja de Hallgrímskirkja.

Dinamarca

dinamarca

Na segunda posição do índice, a Dinamarca é outra nação que atrai muitos turistas e tem na segurança um de seus pilares. A principal cidade do país é Copenhague, que não por acaso, é apontada também como uma das mais belas capitais do Velho Continente.

É por lá, por exemplo, que o turista encontra o Castelo Rosenborg, onde fica um museu que conta a história dos reis dinamarqueses em um período de 300 anos, que vai desde Frederico 2º até Frederico 7º, do final do século XVI até o XIX.

Leia também:

Áustria

Áustria

Na terceira posição quem surge é a Áustria, que retoma posição no “pódio” do índice elaborado pelo Institute for Economics and Peace. E como se não bastasse a segurança do país, a Áustria é também um lugar cheio de atrações culturais, que a torna extremamente atraente a turistas de diversas regiões do mundo.

Em uma visita, o turista consegue encontrar por lá alguns lugares históricos icônicos, tais como o Theater an der Wien, que data do início do século XVIII, tendo servido de morada e palco de Beethoven em muitas de suas estreias – o que inclui Fidélio, a 3ª e a 5ª sinfonias.

Nova Zelândia

Nova Zelândia

Na quarta posição, quem aparece a Nova Zelândia, que costuma atrair anualmente uma enorme quantidade de turistas interessados em esportes radicais. O país preza muita pela segurança e por isso mesmo adquiriu boa posição no índice.

Em uma visita, o turista consegue encontrar por lá uma série de praias icônicas, como é o caso, por exemplo, de Kare Kare, uma das praias de areias negras que fica na costa oeste do país, a uma distância de aproximadamente 20 km de Auckland.

Portugal

Portugal

Na quinta posição, surge Portugal, terra daqueles que deram início à colonização do Brasil, nosso querido país, que por sua vez, ocupa a 105ª posição no ranking do Insitute for Economics and Peace. Um dos destinos interessantes para turistas que pretendem visitar a nação lusitana, é justamente Lisboa, capital do país e também a cidade mais populosa do mesmo.

República Tcheca

República Tcheca

Na sexta posição, está a República Tcheca, a nação foi a que mais subiu no ranking em relação ao levantamento feito no ano passado, quando aparecia na décima posição. Um detalhe interessante é que além de ser pacífico, o país traz uma série de atrativos aos turistas, sendo, portanto, uma boa opção pra quem quer explorar novos destinos.

Suíça

Suíça

Na sétima posição, surge a Suíça, que já foi retratado em diversas pesquisas como um lugar pacífico. A região é extremamente agradável para o turismo, especialmente no período do inverno, sendo uma excelente alternativa para quem quer visitar o exterior em uma viagem tranquila e com boa margem pra segurança. Entre os destaques suíços, está a montanha de Matterhorn, que é um dos símbolos do país.

Canadá

Canadá

E aqui temos o país norte-americano que surge na oitava posição entre os mais pacíficos do planeta. Um detalhe interessante, é que por lá não falta gente hospitaleira e belas paisagens, o que é um atrativo a mais pra quem pretende visitar o lugar. Para quem gosta do turismo de inverno, uma alternativa é a pequena cidade de Banff, que além de pacífica, possui beleza ímpar.

A região é repleta de montanhas rochosas e traz uma boa combinação com neve, chalés de luxo, restaurantes de primeira grandeza e uma vida noturna que soa como convite à badalação. Tudo isso sem contar com os incríveis lagos que dependndo a época do ano, dão um charme especial ao cenário.

Japão

Japão

Localizado na Ásia, o Japão é o nono país do ranking dos mais pacíficos, segundo os dados do Institute for Economics and Peace. Na prática, isso significa que existe uma boa margem de segurança mesmo para aqueles que pretendem conhecer cidades badaladas do país, a exemplo de Tóquio, Osaka e Hiroshuma.

Entre os atrativos do país, está a famosa floresta de bambus de Kyoto, que é um espetáculo visual.

Eslovênia

Eslovênia

E por fim, temos aqui o décimo lugar do índice dos países mais pacíficos do mundo. A posição coube à Eslovênia, que está entre os destinos mais comuns para os turistas que visitam o Leste Europeu.

Um dos pontos icônicos do país, é o Castelo de Bled, uma construção medieval que data do início do século XI e posicionada em cima da colina que dá vista para a única ilha eslovena. Um show à parte para os olhos.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: