Topo

Relembre 7 celebridades que morreram no auge do sucesso

Comente

Muitas celebridades acabaram tendo a sua vida encerrada muito antes do que os fãs gostariam. Diversas celebridades tiveram uma morte considerada trágica, uma vez que morreram naquele que poderia ser considerado seu melhor momento em relação a vida artística e ao trabalho de uma forma geral.

Por outro lado, também podia ser o seu pior momento na vida pessoal. 

A história nos conta que muitas pessoas que conseguiram ficar famosas de uma oura para outra e que se tornaram referência no trabalho que fazia simplesmente não conseguem lidar com todo o peso que é se tornar uma pessoa vista e acompanhada por milhões de pessoas o tempo todo. E este pode acabar se tornando um dos principais motivos para que eles entrem para o mundo das drogas, tanto lícitas quanto ilícitas. 

Veja também:

Mas não foram apenas as drogas as culpadas por encerrar a vida de pessoas que eram muito conhecidas do grande público.

Relembre a história de 8 celebridades que acabaram nos deixando no auge do sucesso:

Elvis Presley (1935 - 1977)

Relembre 7 celebridades que morreram no auge do sucesso

O rei do rock até mesmo conseguiu ter algumas décadas de sucesso, e o seu trabalho realmente mudou não apenas a vida de milhões de pessoas como ajudou a consolidar um gênero musical, que serviu de inspiração para uma série de outros músicos que surgiram posteriormente. 

O rei do rock nasceu em uma família pobre, no meio da Grande Depressão dos EUA, na pequena cidade de East Tupelo, no Mississippi. Dirigia uma caminhonete quando resolveu gravar um disco para a mãe. Pouco depois, foi descoberto e tornou-se uma lenda, mudando o comportamento da juventude dos Estados Unidos. Excêntrico, morava numa mansão luxuosa chamada Graceland, em Memphis, Tennessee. Morreu aos 42 anos de idade, vítima de uma overdose por remédios. 

Jimmy Hendrix (1942 - 1970)

Hendrix se tornou o maior guitarrista de rock não apenas da sua vaga como também de todos os tempos, pelo menos de acordo com uma série de listas que costumam ser publicadas pela mídia especializada até os dias de hoje. Ele se tornou conhecido especialmente pela utilização de acordes distorcidos e um jeito insólito de tocar. Morreu em 18 de setembro de 1970. Segundo o médico que o atendeu, Hendrix morreu afogado no próprio vômito.

Marilyn Monroe (1926 - 1962)  

Um dos maiores nomes do cinema mundial durante as décadas de 40 e 50, se tornou um grande símbolo dentre as mulheres que queriam atuar na grande tela. A atriz apareceu para o público norte-americano na primeira edição da Playboy, em dezembro de 1953. Teve uma vida polêmica, se envolvendo com diversas pessoas famosas. E histórias de abusos de parte das figuras masculinas que passaram pela sua vida também vieram à tona depois da sua morte. A atriz se tornou viciada em remédios e bebida, e morreu aos 36 anos de idade. 

Jim Morrison (1943 - 1971)

O vocalista que ficou conhecido do grande público, especialmente daqueles que acompanharam de parto o cenário do rock, que era muito forte na década de 60, da banda do The Doors. Ele nasceu na Austrália e virou uma referência com suas músicas e letras contundentes. Mas, ao longo da sua vida, também se tornou alcoólatra e viciado em drogas. Ele morreu na banheira quando tinha apenas 27 anos de idade, mas a causa oficial acabou sendo a de um ataque cardíaco. 

James Dean (1931 – 1955)

Considerado como um dos maiores galãs da história do cinema norte-americano, mesmo tendo apenas três filmes como protagonista em Hollywood. Foram eles: Juventude Transviada, Vidas Amargas e Assim Caminha a Humanidade. Ele tinha um visual despojado e rebelde que inspirou muito os jovens da época. Mas ele também nutria hábitos ruins para a sua vida, como o consumo excessivo de bebidas. Mas o que realmente levou fim a vida do ator foi sua paixão pela velocidade, morrendo em um acidente de automóvel. 

Amy Winehouse (1983 - 2011)

Amy se tornou um dos casos mais recentes de artista que teve uma carreira meteórica, mas que não conseguiu manter sua saúde mental em dia e sucumbiu ao mundo das drogas. A cantora teve uma formação musical baseada no jazz, e conseguiu levar o estilo aos sucessos nas rádios em uma época que isso não acontecia mais. Lançou alguns discos que se tornaram, até os dias de hoje, uma referência. Amy morreu em 2011, vítima de overdose. 

Cory Monteith (1982 - 2013)

O ator canadense que se tornou conhecido no mundo todo sendo protagonista da série musical Glee, um dos maiores sucessos da televisão norte-americana na década de 2010, também não conseguiu se recuperar de um vício por drogas e bebidas alcoólicas. O cantor, que era apontado como uma jovem promessa, foi encontrado morto em 2013, no quarto de um hotel, vítima de uma combinação de heroína e álcool. 


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: