Topo

Autismo: Conheça celebridades que venceram na vida mesmo com a doença

Comente

Vivemos em um mundo repleto de preconceitos com pessoas portadoras de deficiências, e algumas histórias impressionantes mostram que absolutamente nenhuma barreira deverá ser tratada como algo intransponível. Muitas personalidades driblaram o preconceito para mostrar que o autismo não deverá ser tratado como um fardo para absolutamente ninguém.

Bill Gates

Autismo: Conheça celebridades que venceram na vida mesmo com a doença

Fundador da Microsoft, é considerado por muitas pessoas como uma das figuras mais inteligentes do mundo. Mesmo que não seja oficialmente diagnosticado com autismo, seus comportamentos são claramente definidos como correlatos de algum nível do transtorno.

Ludwig Van Beethoven 

Sendo considerado por muitos como um dos maiores musicistas da história da humanidade, era bem diferente dos demais. Bastante introvertido, e com pouca necessidade de inserção social, é visto como um portador potencial de autismo.

Lionel Messi 

Veja também:

O atleta é considerado como o maior jogador de futebol da história, e é um portador confirmado de síndrome de Asperger, que é uma das formas de autismo. Ele é um atleta bastante tímido, e possui todas as suas forças voltadas para o futebol, sendo diagnosticado com a doença ainda na Argentina.

Albert Einstein 

Considerado como o maior físico da história da humanidade, é considerado um gênio fora de seu tempo, mesmo sem ser oficialmente diagnosticado, é apontado por especialistas como uma pessoa que tinha claros sinais de espectro autista. A introversão, necessidade de se manter sozinho, longe até mesmo da família, e um modo de vida dedicado totalmente á física são alguns dos sinais que especialistas no assunto dizem ser claros de alguém que possui autismo.

Robin Williams

O cantor britânico Robbie Williams confessou recentemente que acredita ter síndrome de Asperger, um transtorno caracterizado por dificuldades no desenvolvimento das habilidades sociais. Williams, de 44 anos, revelou em uma entrevista à Rádio 2, da emissora pública BBC, que "há algo" que lhe falta e que estar na sua cabeça "é um trabalho realmente duro".



Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: