Topo

Felipe Massa fracassa em estréia pela Williams F1; Motores Mercedes dominam 1ª corrida

Comente

Muitos acreditam que a Fórmula 1 nunca mais foi a mesma para os brasileiros depois de Aírton Senna, e talvez estes até tenham motivos para a pensar assim. Desde que o grande campeão se foi, o Brasil passou a viver certa escassez de pilotos com a mesma sorte do herói nas pistas.

Um dos pilotos sobre o qual recai boa parte da esperança dos brasileiros na atualidade, é Felipe Massa, entretanto, mantendo a sina, o piloto mais uma vez fracassou em sua estreia, dessa vez pela Williams, equipe da qual passou a fazer parte recentemente.

Felipe Massa fracassa em estréia pela Williams F1; Motores Mercedes dominam 1ª corrida

felipe-massa-fracassa-em-estreia-pela-williams-f1

A participação do piloto brasileiro em sua estreia pela Williams na Fórmula 1 durou apenas alguns segundos, isso porque, seu veículo logo no início da corrida foi atingido pelo Caterham de Kamui Kobayashi, o que acabou o tirando da corrida de maneira precoce. A historia de insucesso seguiu o mesmo curso de quando o piloto estreou pela Sauber e Ferrari, quando também não obteve resultados positivos.

Diante do ocorrido, Massa não escondeu a frustração, deixando a prova revoltado com o adversário que motivou sua saída precoce da pista. “Estou decepcionado porque eu tinha um carro com capacidade para disputar o pódio. Mas o acidente na primeira curva arruinou minha corrida”, disse o piloto ao site oficial da Williams.

Indignado, o brasileiro chegou até mesmo a pedir punição para o japonês, entretanto, não teve seu pedido aceito pelo fato de a FIA, que é a Federação Internacional de Automobilismo, ter inocentado o piloto adversário depois de uma investigação que acabou por concluir que o motivo do choque teria sido uma grave falha mecânica no carro de Kobayashi.

O vencedor da prova foi Nico Rosberg, em segundo lugar chegou Daniel Ricciardo da Reid, entretanto, perdeu lugar no pódio por ter utilizado uma quantidade de combustível superior à permitida em regulamento, quem tomou sua posição foi o estreante Kevin Magnussen, da McLaren, enquanto que Jenson Button terminou a competição na terceira colocação. O Tetracampeão Sebastian Vettel, foi outro dos que não completaram a prova, ele a abandonou na quarta volta devido a problemas no motor.

Leia também:

Motores Mercedes dominam a primeira corrida da temporada na F1

O que mais chamou a atenção na primeira corrida do ano pela Fórmula 1, foi o fato de os motores Mercedes dominarem de forma absoluta a prova. Para se ter uma ideia, o pódio foi inteiramente formado por pilotos de veículos como motores da alemã, que nesse ano é fornecedora de propulsores para quatro escuderias, sendo elas a própria Mercedes, a Williams, a McLaren e a Force India.

Até mesmo Fernando Alonso, que terminou a competição na quarta colocação, admitiu não ser páreo na disputa com os adversários que utilizam motores da fabricante Alemã. “Logicamente que eu gostaria de estar no pódio, mas era impossível. Os motores Mercedes parecem de outra categoria”, disse o piloto ao periódico As, da Espanha.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: