Topo

Borussia Dortmund opera milagre e bate Málaga na Champions League

Comente

O Futebol é o esporte mais famoso do mundo, sendo que boa parte da sua popularidade se deve a incerteza de vitória, às surpresas, reviravoltas e, claro, ao espetáculo. Quando uma partida consegue aliar todos estes fatores, encanta milhões de pessoas e se torna notícia no mundo inteiro.

Na partida do Galatasaray e Real Madrid, quase tivemos uma surpresa. No confronto entre Borussia Dortmund e Málaga, ocorreu um verdadeiro milagre, daqueles para entrar na história da UEFA Champions League.

Perdendo por 2 x 1 até os 46 minutos do segundo tempo, os alemães marcaram dois gols, viraram a partida e carimbaram o passaporte para a outra fase.

Análise de Borussia Dortmund e Málaga

Borussia Dortmund opera milagre e bate Málaga na Champions League

O primeiro jogo deste confronto havia terminado em 0 x 0, na Espanha. Qualquer empate com gols, então, seria do Málaga, obrigando o Borussia a vencer a partida a todo o custo, caso quisessem se manter vivos na briga por mais um troféu continental. No primeiro tempo, os espanhóis não quiseram os bávaros livres, pois eles têm um ataque rápido e feroz, fechando muito bem todos os espaços atrás do círculo central.

Apesar da boa defesa, conseguiram, também, marcar um gol, saindo na frente. Joaquín, experiente jogador, abriu o placar e colocou sua equipe mais próxima da outra fase. Todavia, ainda no primeiro tempo, Lewandowski conseguiu empatar a partida.

A segunda etapa ficou marcada pela forte marcação do Málaga. Eles queriam a todo o custo segurar o resultado, logo, não se deram trégua! Senão bastasse o bom sistema defensivo, deram a sorte, ainda, de marcar mais um gol! Eliseu, impedido, balançou as redes pela segunda vez e calou o estádio alemão.

Quando tudo parecia perdido, torcedores já tristes com a eliminação e comissão técnica pensando em todo o trabalho feito para chegar até onde alcançaram, os jogadores mostraram que acréscimos ainda é jogo de futebol!

O craque Reus empatou a partida aos 91 minutos e, aos 93 minutos, o brasileiro Felipe Santana virou o placar. Detalhes: também estava impedido. Com 3 x 2 no placar, após operar um milagre em campo, o treinador bávaro descreveu esta partida como a melhor de toda a sua carreira e disse que precisava ir ao hospital, pois foi muita emoção.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: