Topo

Dicas para driblar a inadimplência

Comente

Os brasileiros estão entre os países que mais possuem inadimplente no mudo inteiro. De acordo com os dados que foram divulgados pelo Serasa, apenas no ano de 2017 a quantidade de pessoas que tinham o seu nome negativado chega na casa dos 61 milhões. Além de dificultar o acesso aos mais variados créditos, isso também prejudica a economia do país de uma forma geral.

Dicas para driblar a inadimplência

Confira algumas dicas para conseguir sair da inadimplência e voltar a ter crédito na praça:

Comece a negociar as dividas

Um dos primeiros passos para conseguir sair dessa situação complicada é começar a negociar as dívidas. Hoje em dia os credores estão sempre em busca de oportunidades para conseguir receber o dinheiro que lhes é devido. Portanto, procure os credores ou então participe das feiras de negociação que existem para facilitar o contato. Não esqueça que, na hora da negociação, a parcela deve cabe no bolso.

Administre receitas e despesas

Veja também:

Uma outra dica importante para conseguir sair da inadimplência é conseguir administrar os recursos mensais, tanto de entradas quanto de saída. Somente dessa forma será possível saber exatamente quanto a pessoa tem de dinheiro disponível para compras e também para se comprometer na hora da negociação da parcela.

Corte despesas

Quando as pessoas fazem uma analise completa das entradas e das saídas e percebem que existe mais dinheiro saindo do que entrando, está na hora de promover alguns cortes para que o orçamento esteja adequado com a realidade da pessoa o8u da família. Dentre os gastos desnecessários que acabam pesando no bolso estão as idas aos restaurantes, a utilização de serviços como TV a cabo e também a utilização constante do carro.

Tente comprar à vista

Um dos grandes inimigos da saúde financeira é a grande quantidade de compras parceladas que as pessoas acabam acumulando nos cartões de crédito. Acaba sendo muito fácil perder o controle quando existem compras parceladas em diversas vezes, pois as necessidades de compras vão surgindo. Por isso, é importante tentar fazer compras a vista, tanto para evitar parcelas quanto para conseguir um bom desconto, que geralmente acaba sendo oferecido nesta modalidade de compra.

Tenha uma reserva financeira

Por último, é fundamental ter uma reserva financeira. Apesar de ser uma tarefa difícil para um inadimplente, criar o hábito de depositar, ao menos, 10% do salário na poupança é essencial para conseguir administrar as finanças melhor. Com o tempo, as dívidas serão eliminadas e esse valor poderá ser aumentado.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: