Topo

Tire algumas dúvidas sobre parto de gêmeos

Comente

Muitas mães se sentem completamente perdidas quando recebem a notícia de que terão gêmeos ao invés de somente um bebê. Mas, nos dias de hoje, a medicina está bastante avançada e consegue prever diversos problemas antes mesmos deles acontecerem. Além disso, também muito já se sabe do que muda neste tipo de parto, o que acaba sendo interessante para preparar a gestante. 

Tire algumas dúvidas sobre parto de gêmeos

Confira algumas das principais dúvidas que surgem em relação ao parto de gêmeos. 

Gêmeos nascem sempre prematuros?

Existe ainda uma ideia geral de que a prematuridade pode ser encarada como algo normal e comum quando se trata de um parto de gêmeos. Mas é importante que as mãos saibam que este tipo de situação é normal, e que nem sempre ter gêmeos realmente significa ter filhos prematuros. A chance é maior, mas nem sempre isso acontece. 

Quando o parto precisa ser adiantado?

Veja também:

A avaliação deste tipo de decisão sempre deve ser do médico responsável pelo acompanhamento da gestação. Existem alguns casos em que esta decisão se torna mais efetiva. Por exemplo, quando a gestação acontece em duas bolsas e uma única placenta. Neste caso, geralmente a gestação acaba sendo interrompida na 36ª semana. 

Qual o melhor tipo de parto para gêmeos?

Existem diversos fatores que acabam interferindo neste tipo de decisão que devem ser levados em conta, como a posição do bebê, idade gestacional da mulher e evolução da gravidez de uma forma geral. Se os dois bebês estiverem virados de cabeça para baixo, por exemplo, é possível tentar o parto normal sem grandes problemas. 

Quais complicações podem surgir no parto gamelar?

A complicação mais comum é chamada de atonia uterina. Isso acontece em virtude do útero ter ficado tanto tempo dilatado que demora para contrair. Este tipo de situação pode gerar hemorragia se pode evoluir também para a necessidade de retirada do útero materno. Mas é importante salientar que isso não acontece em todos os casos de parto de gêmeos, e que existem muitos tipos de tratamentos hoje em dia para reduzir o impacto de possíveis problemas. 

O que muda na equipe médica?

A equipe é basicamente a mesma, mas apenas com o adicional de um ou dois profissionais que vão ajudar no momento do parto. Este auxílio nem sempre é decisivo no momento do parto em sí, mas acaba sendo muito importante nos cuidados logo depois do nascimento das crianças. 
 


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: