Topo

Quer escolher um esporte ideal para seu filho? Veja dicas para não cometer equívocos

Comente

As preocupações dos pais começam geralmente antes do nascimento do filho, afinal, é preciso cuidado com o período da gestação e também o preparo do lar para a chegada do pequeno.

Mas o tempo passa, as preocupações iniciais se vão, as coisas caminham bem e aí as crianças começam a crescer, pelo que, a necessidade de outros cuidados para com ela começam a surgir.

E dentre as maiores preocupações dos pais na fase de crescimento do filho está a da escolha do esporte ideal para ele, afinal, ainda hoje existem muitas dúvidas sobre o assunto.

Felizmente, porém, graças à internet o compartilhamento de informações relevantes se tornou rotineiro, pelo que, a seguir reunimos algumas dessas informações para tentar auxiliar os pais no processo de escolha da melhor modalidade esportiva para a criança. Veja!

Dicas para quem pretende escolher o esporte para os filhos

Esporte para os filhos - bola

De acordo com especialistas, o futebol e o judô estão entre as boas opções que ajudam o jovem atleta a se concentrar, mas pode ser que futuramente eles possam ficar mais fortes do que altos.

E não é que o esporte muda o corpo da criança, pois seu potencial genético não muda, entretanto, observando alguns atletas é possível notar que existe uma combinação de muito treino e fator genético.

Em todo caso, estimular a criança a partir de dois anos de idade a começar algum tipo de esporte costuma ser algo saudável, desde que a modalidade escolhida seja compatível com sua faixa etária.

Natação

Em relação à natação existem controvérsias, de um lado alguns pediatras acreditam que pode ser prejudicial a exposição de crianças pequenas a piscinas coletivas, além do que, determinados estudos concluíram que os pais acabam ficando mais confiantes quando o filho pequeno já sabe nadar e por isso relaxam nos cuidados quando estão em praias ou piscinas.

De outro lado há a ala de pediatras que afirmam que a natação para crianças entre 1 e 6 anos é um bom esporte para pais e filhos praticarem juntos. Cabe ao pai medir os prós e os contras e consultar um profissional em saúde infantil para decidir com cautela sobre a viabilidade dessa modalidade para a criança.

Leia também:

Corrida e bicicleta

Até os seis ano de idade é bom que a criança suba e desça escadas, pois assim ela pode se adaptar em diferentes terrenos. Andar, correr ou passear usando bicicleta também faz bem para a criança, mas para isso é preciso a supervisão de um adulto.

Capoeira

A capoeira é um esporte que pode ser iniciado a partir dos três anos de idade, ele ajuda a desenvolver a agilidade, flexibilidade, musicalidade e a parceria, uma vez que trabalha-se sempre com duplas ou grupos.

Kung fu e Jiu jitsu

Esses dois esportes são recomendados para crianças a partir dos sete anos, pois exigem da criança mais disciplina e compreensão das regras.

Esporte coletivo

Muitos especialistas consideram que as escolinhas de esportes coletivos como futebol, basquete e vôlei, são mais indicadas para segunda infância, entre os seis e doze anos de idade, que é quando as regras e as técnicas já não são mais um peso para os pequenos.

Nessa fase eles já entendem um pouco mais sobre suas próprias aptidões físicas e sabem conviver com a competitividade, podendo assim aprender a trabalhar em equipe e a conviver com pessoas personalidades diferentes.

Vale ressaltar que apesar de o esporte fazer bem a pessoas de qualquer idade, é de suma importância a orientação de um profissional nos treinos para reduzir os riscos de eventuais lesões, problemas ortopédicos ou cardíacos.



Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: