Topo

Dicas para pais: Veja como escolher os móveis do bebê adequadamente

Comente

Na hora de comprar os móveis para o bebê, muitos pais sabidamente encontram uma série de dúvidas sobre o assunto, e embora não exista um padrão definitivo para as compras nessas circunstâncias, existem algumas dicas que podem jogar uma luz sobre o processo de escolha da mobília.

Sabendo disso, portanto, apresentamos a seguir algumas das mais importantes. Veja!

Dicas para pais: Veja como escolher os móveis do bebê adequadamente

como-escolher-moveis-quarto-bebe

Separe o cantinho da brincadeira

Antes de qualquer coisa, é preciso pensar no espaço onde a criança poderá brincar com maior liberdade. O ideal é que o lugar tenha um tapete antiderrapante com caixas organizadoras onde ficarão guardados os brinquedos.

Quando a criança tem seu próprio cantinho para explorar ela dificilmente terá vontade de explorar o restante da casa, portanto, outra dica válida é a de oferecer brinquedos de fácil acesso para que os pequenos possam brincar sem ajuda.

Leia também:

Cuidado com as quinas

As mobílias indicadas para o quarto do bebê são aquelas que possuem cantos arredondados, e como nem sempre é possível renovar todos os móveis da casa, o ideal é usar protetores para arredondar as pontas retas dos que não forem substituídos.

Isso evita que a criança se machuque em uma eventual batida de cabeça. Lembre-se também de aderir às travas de vasos sanitários e protetores de portas e gavetas.

Selo de segurança

Fique sempre de olho nos móveis, brinquedos, roupas de cama, dentre outros, procurando sempre por selos de garantia, como os do inmetro, por exemplo. Em relação ao berço, informações apontam que as grades devem possui o espaçamento de 6,5 cm entre si, dessa forma o bebê não corre o risco de prender a cabeça.

Sem frufru

Os famosos kits de berço possuem vários itens, dentre eles os lençóis, fronhas, protetores e almofadas, que por si só são capazes de deixar o bebê confortável. Apesra disso, tenha em mente que o acolchoamento que acompanha esse kit pode causar sufocamento.

Evite deixar mais que uma leve coberta no berço, e opte por berço com tela entre as grades, isso dispensa a necessidade do cobertor acolchoado, minimizando consequentemente o risco de sufocamento.

Portão em tudo

Use portões ou grades para proteger o acesso da criança a escadas e locais de grandes riscos. De acordo com especialistas, é importante que as travas de segurança dessas grades tenham um comando duplo e simultâneo para destravamento, o que naturalmente torna mais complexa a ‘fuga’ da criança.

Móveis higienizáveis

Como todo bebê passa pela fase oral, na qual tende a levar à boca tudo aquilo que pega, é importante que todos objetos sejam bem esterilizados. Por essa razão, opte por móveis que podem ser facilmente higienizados.

Uma dica é dar preferência para os móveis feitos em fórmica. Eles geralmente possuem grande durabilidade e oferecem maior facilidade na hora da limpeza. Vale lembrar que os móveis de MDF também são fórmicos.

Descarte o trocador

Ao invés de compra um móvel apenas para trocar o bebê compre uma cômoda multiuso que também possa ser usada para tal finalidade. Vale ressaltar que, para usar uma cômoda como trocador ela precisa ter preciso pelo menos 90 cm de altura, com cerca de 1 m e 1,20 m de largura para caber um colchão fino.

O ideal é que os itens essenciais na hora da troca estejam armazenado na gaveta mais alta da cômoda. A lista de itens que podem ser guardados lá inclui cueiros, bodies, fraldas e lenços.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: