Topo

Coisas que muitos pais pensam após a chegada do primeiro filho

Comente

Ser pai não é apenas assumir um filho e ajudar financeiramente para sua educação, saúde e bem estar – isso qualquer um pode fazer. A missão paterna vai bem além, e inclui dar amor, carinho e atenção, além é claro, de ensinar valores sobre vida em sociedade e o que é ser humano.

Para resumir, ser pai é estar sempre presente mesmo na ausência, e como no próximo domingo o Brasil comemora o dia dos pais, decidimos preparar os pais de primeira viajem para a vida que os espera, apresentando a seguir alguns pensamentos que muitos homens deixam de ter após o compromisso do primeiro filho. Confira!

Pensamentos que muitos pais vão ter depois do primeiro filho

Pensamentos que muitos pais vão ter depois do primeiro filho

Atenção com a criança é natural

Logo nos primeiros meses, a criança requer total atenção dos pais, ainda que mães sejam normalmente as que passam mais tempo com o bebê por serem responsáveis por sua alimentação. Isso significa que quando os pais chegam do trabalho, precisam passar mais tempo com o bebê, e muitos tem essa consciência logo cedo. Não é algo que soa como uma obrigação.

Elogios à filha nem sempre pode ser confortável

É normal as pessoas olharem um bebê e soltarem elogios, e para os pais, isso é o máximo. Só que por mais antiquado que isso pareça, muitos pais de menina começam a se preocupar com o passar do tempo em relação aos elogios voltados à sua garotinha, afinal, eles temem que à medida que a filha deixa de ser criança, alguns elogios possam vir com segundas intenções.

Pais solteiros são super-heróis

Só quem passa um tempo cuidando de um bebê sabe o quanto é trabalhoso o processo, já que mesmo um ser tão pequeno requer grande atenção. Tudo isso, por vezes leva o pai ao ponto de não ter mais tempo para sí mesmo ou para cuidar de outros assuntos da casa ou trabalho.

Por isso mesmo, quando os pais de primeira viagem param para pensar em como os pais solteiros conseguem fazer tudo isso e ainda encontram tempo para outras coisas, eles passam a vê-los como super-heróis, com poderes capazes de tornar suas vidas mais simples mesmo cuidando de um bebê.

Leia também:

A sujeira do dia a dia é relativa

Alguns homens sentem nojo de muitas coisas, porém, depois que se tornam pais eles conhecem um universo completamente diferente, onde germes são bem-vindos, uma vez que as crianças brincam em qualquer lugar e depois os tocam com as mãozinhas sujas, ou grudentas com doces.

E se trocar a fralda antes da paternidade pode ser algo inimaginável, depois do primeiro filho isso se torna algo normal para a maioria, e alguns passam a nem se importar mais com a questão, já que visam sempre o bem do filho.

Não dá pra confiar em todo mundo

O instinto protetor sempre aflora nos pais de primeira viagem. Por isso é difícil pensar em deixar o bebê por algum tempo com amigos, parentes ou até mesmo com avós. Um pai novato tende a acreditar que ninguém vai cuidar tão bem de seu filho quanto ele, e que todos podem colocar a perder os valores já ensinados em casa.

O mundo é muito perigoso para o filho

Por mais que se crie um ambiente seguro para o bebê em casa, sempre há alguma possibilidade dele se machucar, principalmente quando a criança está começando a se locomover sozinha, explorando os ambientes.

Até mesmo um fio de carregador, por exemplo, pode asfixiar o pequeno casp ele se enrosque, além disso, escadas podem ser fatais se o filho for subir ou descer sozinho sem a habilidade e força necessárias para tal. Diante disso, é normal que os pais percam boa parte do dia pensando nos cuidados com os filhos.

Gratidão pela Galinha Pintadinha

E somente que não tem uma criança em casa pode odiar os vídeos de entretenimento infantil – como os da Galinha Pintadinha – ou brinquedos que emitem sons. Isso porque quando se tem uma criança em casa e o pai precisa de um tempinho para descansar, é esse tipo de coisa que prende a atenção do pequeno por um tempo.

Esse período acaba sendo suficiente para o pai recuperar as energias e voltar à maratona de troca de fraldas, alimentação e brincadeiras.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: