Topo

7 erros sobre alimentação infantil que a maioria dos pais comete

1.67 / 5 - 3
Comente

Os pais estão sempre em busca do melhor para os filhos, e como a indústria alimentícia está sempre criando novos alimentos capazes de trazer facilidades aos pais. Em busca de oferecer algo saboroso para os filhos, no entanto, muitos pais acabam cometendo grandes erros, que podem até comprometer a saúde da criança. Veja a seguir alguns alimentos que parecem bons, mas que são ruins para os pequenos.

Maiores equívocos cometidos na alimentação dos filhos

7 erros sobre alimentação infantil que a maioria dos pais comete

Suco de caixinha

Grande parte dos pais sabe que o refrigerante não é a melhor bebida para oferecer às crianças, afinal ela é rica em açúcar e pobre em nutrientes. O problema é que por vezes a alternativa escolhida é o suco de caixinha, à qual os pais recorrem sem antes conferir quais são os componentes. Muitos sucos de caixinhas possuem tanto açúcar quanto um refrigerante.

Para que o suco seja saudável, portanto, o ideal é que contenha apenas água natural e fruta. E para saber se o suco de caixinha é saudável, olhe quais são os ingredientes usados. Caso contenha açúcar não ofereça à criança, principalmente se ela for menor de dois anos.

Suco natural à vontade

Veja também:

Quando os pais oferecem suco natural fora do horário do lanche da criança, podem comprometer o apetite. Isso porque o suco natural possui cerca de 200 calorias, representando 20% das necessidades nutricionais diária de uma criança de 3 anos. Por isso é possível que seu filho perca o apetite nas demais refeições.

Trocar fruta por suco

Muitos pais, ao perceberem que o filho não se alimentou bem no almoço ou jantar, acabam oferecendo um iogurte, suco ou copo de leite. Isso não é recomendável, pois por mais que seja ruim ver a criança sem se alimentar, tenha em mente que a criança com acesso à comida não sente forme. Se a criança não quis comer no almoço, espere até a próxima refeição que ele comerá normalmente.

Deixar a criança escolher a comida

Crianças muito pequenas não possuem a capacidade de escolher qual o alimento mais nutritivo para o momento, por isso não pergunte para a criança se ela quer comer e sim ofereça opções de alimentos, por exemplo, macarrão ou sopinha, pois ambos são nutritivos e ricas fontes de carboidratos.

Forçar a criança a comer

Como dito antes, alguns pais acham desesperador ver que o filho não está se alimentando como ele gostaria, porém, não é aconselháel chantagear ou forçar a criança a comer. Lembre que no que se diz respeito à alimentação, os pais só podem escolher o que a criança deve comer, ela é quem decide quando e quanto irá comer.

Deixar biscoito a mão

Deixar biscoitos sempre na mão das crianças não é uma escolha inteligente, pois esses alimentos são ricos em açúcar, gordura e sal. Depois que a criança completar um ano, pode-se oferecer esse alimentos em lanches como parte da alimentação diária.

Colocar farinha no leite

Muitas crianças não possuem a necessidade de ter o leite engrossando com farinha. Engrossar o leite com farinha só deve ser feito quando o médico pediatra ou nutricionista indicar, e normalmente isso só é indicado em alguns casos de baixo peso ou déficit de crescimento.



Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: