Topo

6 princípios que podem ajudar seu filho a se tornar um adulto melhor

Comente

Os pais possuem um papel muito importante na vida dos filhos, o que inclui ensinar a ser uma boa pessoa, sendo isso fundamental para o futuro dos pequenos.

Isso porque quando a criança nasce ela não tem nenhuma informação ainda sobre o mundo e sobre como se portar em sociedade, cabendo, portanto, aos pais a missão de ensinar valores desde cedo para que possam se tornar pessoas de bem.

Mas como ninguém nasce sabendo como lidar e o que ensinar para o filho desde cedo, é importante buscar sempre o apoio profissional e também orientações sobre como proceder. Sabendo disso, mostramos a seguir alguns exemplos de princípios que merecem ser observados nesse sentido. Veja!

Valores que podem ajudar o filho a ser um adulto melhor

Autoconfiança e autoestima

Autoconfiança e autoestima

Sim, existe diferença entre esses dois valores: autoestima é algo mais interno, ligada a gostar de si mesmo, enquanto a autoconfiança é como você se mostra para o mundo, ou no caso da criança, como ela irá se impor e se sentir sobre suas atitudes. Ambos valores são importantes, pois ensinam a criança a se relacionar com ela mesma e com outras pessoas.

A dica é procurar ser realista com a criança, mostrando-lhe suas qualidades, mas sem exagerar dizendo que ela é perfeita, pois isso pode a deixar frágil ao descobrir que isso não é verdade.

Autonomia

Autonomia

Ensinar seu filho sobre como fazer as coisas sozinho desde cedo, o tornará um adulto autônomo, que não depende de ninguém para fazer tudo por ele. Por isso é importante que a criança tenha autonomia dentro da própria casa desde cedo, até mesmo ajudando os pais com afazeres domésticos, sempre respeitando é claro, o limite e idade da criança.

Se a criança não fizer como o esperado o trabalho, procure não repreender ou refazer o trabalho por ele, elogie e aos pouco vai dizendo como ele deve melhorar. O objetivo principal é que a criança desenvolva autonomia e não a perfeição.

Tolerância

Tolerância

Ensine seu filho como lidar com os diferentes tipos de etnias e religiões. A criança deve aprender a se posicionar de acordo com o que é e o que acredita, sabendo também lidar com outras pessoas aceitando suas diferenças, sendo tolerante.

Vale lembrar que a melhor forma de a criança aprender melhor é observando seus pais, pois, de nada adianta falar para respeitar o próximo se você não respeita o torcedor do time rival, por exemplo. O mesmo vale para assuntos mais sérios como religião, orientação sexual, entre outros.

Leia também:

Humildade

Humildade

Quando a criança aprende a tolerar, o próximo passo é aprender a ser humilde, aprendendo que ela não é melhor e nem pior que ninguém.

Esses valores são ensinados pelos pais com o comportamento no dia a dia, como por exemplo, cumprimento às pessoas, oferta de ajuda, trabalho voluntário, devolução de um troco errado, entre outras coisas.

Persistência

Persistência

De acordo com um estudo realizado com 400 crianças nos Estados Unidos e publicado no jornal Child Development em 2007, elogiar uma criança como esforçada é melhor do que chamá-la de inteligente.

As crianças que eram elogiadas como esforçadas, sempre procuravam novas atividades capazes de desafiar a própria capacidade, enquanto as que recebiam o elogio de inteligentes, desistiam das atividades.

Isso ocorre porque a inteligência é vista como um dom que não requer esforço, logo, ao dizer que a criança é esforçada ela busca novas formas de se desafiar para ser melhor a cada dia.

Os pais também podem ajudar a criança a ser persistente, não dando de imediato o que elas pedem no momento, isso tende a incentivá-la a atingir seu objetivo de outra forma, seja argumentando com os pais ou realizando alguma tarefa em troca.

Paciência

Paciência

A paciência não é algo que nascemos com ela, ela deve ser exercitada. Exercícios que ensinam a criança ser persistente também a ajudam ser paciente. Ensine para seu filho que, para algumas coisas acontecerem pode ser necessária uma mudança de atitude, enquanto em outros casos só é preciso tempo.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: