Topo

12 filmes que mudaram o cinema e fizeram história

Comente

A história do cinema é cercada de grandes talentos e filmes que mudaram para sempre o rumo da arte e do entretenimento audiovisual. Ideias ousadas que deram certo e o progresso tecnológico, são apenas alguns dos elementos fundamentais na trajetória de evolução da sétima arte até a forma que a conhecemos hoje.

E diante desse cenário, é claro que muitas obras foram determinantes para o estabelecimento de novos conceitos e avanços na maneira de fazer cinema. Por isso mesmo, decidimos apresentar a você alguns desses grandes ícones. Confira!

Filmes que marcaram a história do cinema

Viagem à Lua (1902)

Viagem à Lua (1902)

No início da produção audiovisual, os filmes funcionavam basicamente como uma maneira de captar a realidade e impressionar os espectadores, com a “mágica” tecnologia que reproduzia o mundo exatamente como ele era.

Um homem chamado George Méliès, no entanto, pensou diferente. Ele imaginou que a novidade poderia ser usada como forma de entretenimento e que com a ajuda de “efeitos especiais” poderia criar mundos de fantasia para entregar uma experiência única aos espectadores. Daí surgiu “Viagem à Lua”.

No fim das contas, ele estava criando uma grande tendência, e a prova disso é que hoje, um século mais tarde, o cinema de entretenimento segue muito vivo e com um futuro ainda bastante promissor.

Vale dizer que a história do cineasta foi romantizada recentemente como pano de fundo no enredo de “A Invenção de Hugo Cabret”, filme dirigido por Martin Scorcese e protagonizado por Asa Butterfield.

Branca de Neve e Os Sete Anões (1937)

Branca de Neve e Os Sete Anões (1937)

E se muitos filmes animados da Walt Disney se tornaram grandes “clássicos” do cinema, o início desse sucesso vem lá dos naos 30. Isso porque “Branca de Neve e Os Sete Anões”, mostrou que era possível fazer um longa-metragem de animação desenhado inteiramente à mão, em um tempo onde os filmes do gênero eram produzidos com recortes, stop-motion e outras técnicas. Não obstante, a obra provou que era possível adaptar contos de fadas em versões leves para a criançada.

Leia também:

Tubarão (1975)

Tubarão (1975)

Sabe o cinema mainstrean? Blockbuster, o famoso cinema pipoca? Arrasa quarteirão? Pois é, segundo estudiosos, a forma de fazer cinema visando um grande público e investindo pesado em publicidade, teve origem com “Tubarão”, de Steven Spielberg.

O filme foi pioneiro em conquistar bilheteria massiva no final de semana, dando origem à ideia de que os filmes podem se pagar logo nos primeiros dias de estreia com o retorno nas bilheterias.

Star Wars (1977)

Star Wars (1977)

Agora, se hoje a cultura pop é diversificada e cada vez mais cultuada por jovens e adultos, muito disso se deve ao fenômeno popularizado no Brasil como “Guerra nas Estrelas”, ou seja, o clássico “Star Wars”.

O filme estreou uma das sagas de ficção científica e aventura espacial mais bem-sucedidas de todos os tempos, que inclusive, segue em alta até hoje com novos filmes em produção. De quebra, a obra ainda ajudou a popularizar a ideia de “universo expandido”, dando origem a spin-offs literários, quadrinhos, jogos e outras mídias.

Toy Story (1995)

Toy Story (1995)

E se a Walt Disney já havia se aproveitado antes de uma nova tendência para se estabelecer no mercado de animações, em 1995 foi a vez da Pixar se posicionar no mercado para enfrentar a concorrência da gigante.

O emblemático “Toy Story” estourou nas bilheterias e obrigou a Disney a se reinventar nas telonas. O filme ainda inaugurou o estilo de animação 100% digital, que tornou praticamente obsoletos os desenhos à mão.

A Bruxa de Blair (1999)

A Bruxa de Blair (1999)

Por mais que você não goste de filmes de terror, é possível que já tenha ouvido pelo menos uma vez alguém dizer sobre como “A Bruxa de Blair” impactou a indústria do cinema, certo? Não há nenhum exagero nisso. Além de popularizar o estilo “found footage”, a obra lançou a tendência de usar a internet para fazer publicidade usando o efeito viral.

Matrix (1999)

Matrix (1999)

E eis aqui o filme que muitos fãs de ficção científica ainda hoje cultuam. A obra dos irmãos Wachowski, trouxe para o cinema uma série de novidades, mas as mais substanciais, talvez tenham sido a técnica do “bullet-time” e a exploração de roteiros com conceitos mais profundos, com uma mescla de ficção e questionamentos de caráter psicológico. Isso levou a cultura pop a atingir um novo nível.

Harry Potter e a Pedra Filosofal (2001)

Harry Potter e a Pedra Filosofal (2001)

Harry Potter não foi uma obra original para o cinema, os livros já faziam sucesso bem antes do filme. Mas não dá pra comparar o sucesso da obra antes e depois do lançamento do longa. O filme caiu nas graças do público infantil e juvenil, reforçando a ideia de que era possível construir franquias milionárias focadas no público pré-adolescente.

O Senhor dos Anéis (2001)

O Senhor dos Anéis (2001)

Além de Harry Potter, o ano de 2001 ganhou também o filme que provaria um novo conceito: o de que era possível fazer sucesso com filmes de fantasia e inspirações de RPG. Graças a “Senhor dos Anéis”, o gênero passou a ser visto com mais carinho pelos estúdios, uma vez que o tema se tornou mainstream.

Avatar (2009)

Avatar (2009)

Não é de agora que o filme 3D existe, no entanto, o filme “Avatar”, de James Cameron, mostrou ao mundo que era possível explorar o potencial comercial dessa tecnologia, proporcionando uma nova experiência imersiva aos espectadores, especialmente nas salas IMAX. Não por acaso, passou a ser o filme de maior bilheteria da história do cinema, posto que ainda ocupa atualmente.

Homem de Ferro (2008) e Os Vingadores (2012)

Homem de Ferro (2008) e Os Vingadores (2012)

Se hoje os filmes de super-heróis vivem a nova era de ouro após a época que eternizou Christopher Reeve na pele de Clark Kent / Superman, muito se deve ao sucesso feito por “Homem de Ferro”, lançado em 2008.

A partir daí, a Marvel Studios começou a redefinir o conceito de universo compartilhado, mostrando que é possível interligar vários filmes de personagens diferentes dentro de um mesmo pano de fundo, o que culminou em 2012 com “Vingadores”.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: