Topo

Sexo com irmão e outros trechos polêmicos do livro de Andressa Urach

5.00 / 5 - 1
Comente

Com uma vida marcada por muita polêmica nos últimos anos, Andressa Urach passou de vice Miss Bumbum a evangélica da Igreja Universal. A personalidade que hoje tem 27 anos, ganhou espaço na mídia em um passado recente ao dizer que teria se relacionado sexualmente com o astro do futebol Cristiano Ronaldo.

O assunto gerou polêmica à época, mas, provavelmente não tão grande quanto a gerada mais recentemente em função de alguns trechos polêmicos de um livro que Urach lançou recentemente.

A obra traz o título “Morri Para Viver – Meu Submundo de Fama, Drogas e Prostituição” e a própria Andressa afirma se tratar de uma publicação que revela seus segredos mais íntimos na busca da fama em uma espécie de biografia. A seguir você confere alguns dos trechos polêmicos e outros até certo ponto bizarros. Veja!

Detalhes inusitados contados no livro de Andressa Urach

Andressa Urach

Vida sexual

Muita gente já esperava polêmica em se tratando de um livro sobre a vida de Andressa Urach, mas ela ainda assim surpreendeu a muitos quando soltou uma verdadeira “bomba” sobre sua juventude.

A revelação afeta diretamente inclusive a própria família da celebridade. Trata-se de uma revelação de que sua primeira vez (no sexo) teria acontecido com o seu meio irmão.

“Comemorei o aniversário de 15 anos ao lado do meu pai e do meu irmão, então um garoto de 16 anos, filho de outro casamento. Meu pai o obrigava a participar dos bailes da cidade para me proteger, como se fosse um segurança particular. Ao voltar de uma dessas festas, bêbados, dormimos na cama e tivemos relação sexual. Minha experiência íntima sexual, de fato, aconteceu nesse dia. O primeiro homem da minha vida foi o meu irmão”, diz o trecho.

Leia também:

Prazer sem tabu

Sem nenhum pudor, Urach também revela no livro que praticou zoofilia com cachorros de uma vizinha.

“Ainda mais nova, tive meu primeiro orgasmo com um animal. Isso mesmo: um cachorro lambia minhas partes íntimas e, pasmem, eu sentia prazer. Essa degradante e demoníaca cena acontecia nos momentos em que brincava com uma vizinha de rua, dona de uma criação de cães”, descreve.

Nem tão querida assim…

Em um trecho o livro revela também que Andressa teria sido vítima de macumba, que provavelmente foi preparada por um de seus “amigos”.

“Certo dia, ao me preparar para mais uma noite de trabalho, me assustei com uma macumba em cima do meu armário. Uma boneca, cheia de costuras amarradas, com o meu nome escrito nas pernas e braços de pano. Dentro do armário, minhas roupas de dançarina pichadas de tinta preta e, em frente ao móvel, um punhado de terra de cemitério”, narra.

A três mas cada um na sua

Em uma das possíveis práticas de sexo a três com um casal, Urach revelou que não se deu muito bem. O trecho do livro leva a entender que a esposa perdeu a cabeça e passou a agredir o marido que era cadeirante.

“Eu topei, um tanto receosa. Era um paralítico das pernas acompanhado da esposa. Minutos depois juntos, o casal começou a discutir. Apanhei minhas coisas, assustada, para ir embora às pressas e, quando olhei novamente, a mulher havia chutado a cadeira de rodas e arremessado o homem ao chão. Nervoso, ele tentava se arrastar no tapete. Pensei em ajudar, mas a mulher gritava sem parar ameaçando me agredir com uma garrafa de uísque na mão. Fiquei de canto e, na primeira chance, saí rapidamente do quarto”, diz o texto.

Vale tudo entre quatro paredes

Quando fala no livro sobre a fase de prostituição em sua vida, Urach revela alguns detalhes inusitados e até bem íntimos sobre o que fazia para ter a fidelidade de seus clientes.

“Realizava loucuras na cama invocando o espírito da pomba-gira. Gritava e beijava bastante, carinho raro entre as prostitutas. Não usava lubrificante para fazer sexo anal e cobrava mais caro por isso. Praticava tudo o que as demais garotas não faziam. Queria mostrar minha excitação e fidelizar a freguesia”, relata o trecho.



Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: