Topo

Essas descobertas bizarras relacionadas ao sexo vão te surpreender

2.00 / 5 - 1
Comente

A ciência é sabidamente algo magnífico que desvenda alguns mistérios da vida e do universo, mas, algumas das experiências e estudos realizados eventualmente acabam trazendo à tona curiosidades pra lá de bizarras.

E para ilustrar isso, por exemplo, trazemos a seguir uma lista de descobertas científicas relacionadas ao sexo e que são no mínimo inusitadas. Confira!

Veja curiosidades bizarras sobre o sexo descobertas em pesquisas científicas

Orgasmo pós-morte

Orgasmo pós-morte

Em um dos estudos mais inusitados do mundo, descobriu-se que quando se estimula a raiz do nervo central de uma pessoa que sofreu uma morte cerebral (e ainda respira por meio de aparelhos), é possível que essa pessoa tenha o chamado “reflexo de Lázaro”, que é o movimento em que ela cruza os braços sobre o peito.

Mas o mais impressionante é que também descobriram que através desse estímulo do nervo central também é possível desencadear um orgasmo na pessoa morta.

Sexo mortal

Sexo mortal

Uma esquipe de pesquisadores alemães decidiu fazer uma pesquisa com mais de 21.000 relatórios de autópsia, o objetivo seria o de chegar à conclusão de que o sexo muito raramente pode levar à morte, mas aparentemente o “tiro saiu pela culatra”.

Segundo informações os pesquisadores descobriram que o sexo havia causado ataque cardíaco em 39 indivíduos dos relatórios. Com isso concluiu-se que 11.250 mortes nos Estados Unidos poderiam estar relacionadas ao sexo, sendo esse um número similar ao da quantidade de mortes causadas por intoxicação alimentar no país.

Leia também:

Perfumes que repelem

Perfumes que repelem

As colônias masculinas provocam a redução do fluxo vaginal. Para chegar a essa conclusão, o diretor da fundação Al Hirsch, realizou um experimento com mulheres que usaram máscara cirúrgica perfumada com dez tipos de perfumes masculino.

O resultado desse experimento foi a redução do fluxo no órgão genital, em um fenômeno que consequentemente reduzia a excitação. Outro detalhe impressionante do estudo é que o aroma de alcaçuz e pepino atraíram as mulheres. Isso sim é inusitado, hein?

Perus necrófilos?

Perus necrófilos

Não se sabe ao certo por qual motivo os pesquisadores tiveram a ideia de fazer essa pesquisa, mas até onde se sabe ela de fato foi feita.

Segundo as informações, os pesquisadores Martin Schein e Edgar Hale da Universidade da Pensilvânia decidiram descobrir qual o mínimo estimulo necessário para pode excitar um peru (sem trocadilhos, estamos falando da ave mesmo). Agora, acredite se quiser, o resultado da pesquisa foi ainda mais inusitado que o tema.

De acordo com o que foi observado, os perus machos mantinham o interesse de copular ainda que as parceiras estivessem sem as asas, corpo e pernas.

Isso significa que quando os pesquisadores colocaram apenas a cabeça de uma perua em um palito de madeira, o peru demostrou um grande interesse sexual para com ela. A conclusão do estudo foi de que a ave prefere a cabeça sem o corpo a um corpo sem a cabeça. Em todo caso a experiência em si parece bizarra, não?


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: