Topo

Cura gay? Veja as coisas mais bizarras que já fizeram para tentar "curar" homossexuais

Comente

A comunidade LGBT ao longo dos anos obteve grandes conquistas em comparação com o que acontecia no passado, porém, ainda falta muito para que as pessoas entendam que o mais importante em qualquer âmbito social é o respeito pelo próximo, e isso em todos os sentidos, incluindo o que diz respeito à orientação sexual.

Agora, não dá para negar que no passado as coisas eram ainda piores para os gays. Prova disso é que por muitos anos, muitos héteros "idealizaram" diferentes formas bizarras de se aplicar uma espécie de "cura gay". Selecionamos alguns desses métodos bizarros que já foram usados para a tal cura gay.

Coisas chocantes que já fizeram na tentativa de "curar" gays

Tortura com drogas

Coisas chocantes que já fizeram na tentativa de curar gays drogas

Mesmo se tratando de algo bizarro, as clínicas de reabilitação para a comunidade LGBT ainda podem ser encontradas hoje em dia. A fotógrafa Paola Paredes conseguiu entrar em uma dessas clínica no Equador. A clínica funcionava falsamente como reabilitação para dependentes químicos, porém a maioria dos internos eram, na verdade, LGBT's, que eram submetidos a torturas com drogas.

Veja também:

Informações sugerem que diariamente eles eram obrigados a ingerir uma grande quantidade de drogas, dessa forma eram condicionados a associar as imagens que consideram prazerosas à dor, ou seja, assim poderiam ver de forma negativa suas práticas sexuais.

Castrações

Coisas chocantes que já fizeram na tentativa de curar gays castrações

Na década de 40, quando alguém era flagrado com comportamentos homossexuais era submetido a fortes torturas. Em alguns casos extremos, pessoas com homossexuais eram mortas. Por muito tempo a homossexualidade foi considerada uma doença mental, e quando os membros da família descobriam que tinham um parente nessa condição, o enviavam para uma clínica psiquiátrica sob a expectativa de "curar" a pessoa.

Porém na clínica eles eram torturados de forma bizarra, podendo até sofrer uma castração. Esse tipo de prática aconteceu principalmente na Alemanha Nazista.

Castrações químicas

Coisas chocantes que já fizeram na tentativa de curar gays castração química

A castração química, era um tipo de tratamento que tinha a intenção de diminuir a libido do individuo, e dessa forma iria diminuir suas atividades sexuais. Existem registros também de indivíduos da comunidade LGBT que pediram para serem quimicamente castrados, talvez por não se aceitarem da forma como eram e pela pressão e preconceito sofridos.

Terapia de conversão

Coisas chocantes que já fizeram na tentativa de curar gays terapia conversão

A maioria dos tratamentos para a "cura gay" é psicológica ou espiritual, e muitos pesquisadores e cientistas enxergam práticas do gênero como prejudiciais. Alguns profissionais usam o termo "psicanálise" para esse tipo de tratamento.

Antigamente alguns profissionais acreditavam cegamente que a homossexualidade era uma crise de identidade de gênero, e com isso desenvolveram a Associação Nacional de Pesquisa e Terapia de Homossexualidade. Informações sugerem que essa tal organização em tese utilizava de métodos brutais que envolviam a psicanálise, para "tratar" pessoas da comunidade LGBT.

A intenção era substituir os instintos homossexuais pelos heterossexuais. Obviamente esse tipo de tratamento acabou sendo proibido, visto que seus métodos eram bizarros.

Lobotomias

Cura gay? Veja as coisas mais bizarras que já fizeram para tentar

A lobotomia é um procedimento cirúrgico no cérebro que elimina as vias que ligam o lobo pré-frontal e o tálamo. Essa prática cirúrgica foi bastante utilizada para reduzir transtornos mentais de pessoas. Como já dito antes, muitos acreditava que ser gay era um tipo de doença mental, logo a lobotomia também chegou a ser vista como um tratamento para a cura gay.



Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: