Topo

Conheça alguns comportamentos bizarros que a ciência explica

Comente

Os motivos que levam as pessoas a tomarem determinadas decisões ou atitudes no dia a dia nem sempre acabam sendo claros. Afinal de contas, as pessoas simplesmente fazem as coisas, sendo que muitos destes comportamentos nem sempre são entendidos de uma forma consciente.

Conheça alguns comportamentos bizarros que a ciência explica

Mas a ciência já consegue explicar alguns destes comportamentos que as pessoas assumem para o seu dia a dia. Confira alguns deles:

Fofoca

Porque as pessoas acabam dedicando tanto tempo da sua vida para falar e tomar conta da vida alheia. Existem diversas teorias que explicam os motivos da existência da fofoca. De uma forma geral, o cérebro entende como um sentimento de confiança. Além disso, diversos pesquisadores afirmam que boa parte da comunicação humana se desenvolveu justamente por essa vontade de falar da vida dos outros.

Chorar com histórias simples

Veja também:

A empatia é considerada como um sentimento bastante forte para os humanos, considerados um dos mais importantes para o desenvolvimento da sociedade de uma forma geral. Caso a empatia não existisse, ia ser cada um por isso e os humanos nunca teriam conseguido chegar onde chegaram. E este sentimento é tão forte que o cérebro ainda não consegue distinguir histórias reais da ficção, por isso choramos com filmes ou livros tristes.

Desconforto com silêncio em grupo

Outra coisa que costuma ser bem estranha é o sentimento de desconforto que surge na grande maioria das pessoas quando, em um determinado ambiente com outras pessoas, acaba se instaurando o silencio. Este comportamento pode ser explicado também em nossas origens primitivas, já que a capacidade de se comunicar é considerado fundamental para o surgimento de uma unidade de grupo.

Vontade de apertar ou morder coisas bonitas

Este pode ser considerado como um dos comportamentos mais estranhos dos humanos, e também difíceis de se entender. Afinal de contas, quando paramos para pensar entendemos que não faz o menor sentido querer esmagar alguma coisa apenas porque achamos ela bonita. Os cientistas ainda não sabem ao certo de onde este comportamento surgiu, mas pode ser explicado olhando para diversas espécies de animais, especialmente os mamíferos, que costumam adotar brincadeiras de mordidas entre eles.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: