Topo

Como se livrar das dívidas

Comente

Recentemente abordamos em um tópico uma maneira eficiente de evitar endividamentos (Veja o artigo), agora trouxemos algumas recomendações àquelas pessoas que já contraíram algumas dívidas e pretendem se redimir e se livrar das dívidas, um processo árduo, mas possível e compensador.

Entendendo a causa

como-se-livrar-das-dividas

Antes de corrigir qualquer erro é altamente recomendado que se entenda suas causas, e no caso das dívidas, não poderia ser diferente, sendo que a principal causa do endividamento são os hábitos e mentalidades para com o dinheiro. A maioria das pessoas que contraem dívidas, possui o hábito de agir por impulso diante de uma oferta atrativa, como produtos e serviços com “desconto” e com parcelas a perder de vista. Agindo dessa forma, as dívidas passam a ganhar volume a ponto de se tornarem incontornáveis sem que haja mudança no modo de pensar e enxergar as finanças.

Como se livrar das dívidas afinal?

Pois bem, uma vez entendidas as causas do problema, o próximo passo é tratar o mal pela raiz, ou seja, tratar primeiro a causa pois de nada valerá ir em busca de mais dinheiro a fim de quitar as dívidas antigas, sem deixar de contrair novas, esse é apenas um ciclo vicioso e ilusório no qual muitas pessoas se enveredam. O caminho mais eficiente, embora possa parecer também mais longo, é não adquirir nada além de suas necessidades e ao invés disso adotar o hábito de poupar, até mesmo pagando apenas despesas inegociáveis, a fim de economizar dinheiro para renegociar em um futuro breve as dívidas negociáveis.

Em paralelo com essa mudança de atitude, procure as pessoas ou estabelecimentos nos quais existem dívidas e manifeste seu desejo de negociar as dívidas, informe que está se reprogramando para quitar todos os seus débitos, acredite, não é feio tomar essa atitude, feio é não tomá-la e simplesmente ir fugindo dos credores, as pessoas ficarão, sem dúvida, felizes ainda que seja somente com a manifestação de seu desejo de negociar a dívida, e assim sendo buscarão a melhor forma de negociar de maneira a ficar interessante para ambas as partes.

Leia também: Como evitar dívidas


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: