Topo

No Limite: Saiba por onde andam alguns dos participantes do programa

Comente

Recentemente a Rede Globo retomou na sua grade de programação um programa que se tornou um verdadeiro clássico: No Limite, que foi considerado como o primeiro grande reality show da televisão brasileira. A edição brasileira foi baseada no formato do programa internacional Survivor, que até hoje ainda é exibido em diversos países. 

O formato do programa é muito parecido em todos os países onde eles ganham edição: participantes são colocados em um local afastado de toda a civilização para que eles consigam sobreviver. Além dos desafios naturais, como ter que se alimentar utilizando recursos naturais, dormir no chão e fazer acampamentos rudimentares, o jogo ainda dispõe de outras dinâmicas estressantes, como provas e eliminações. 

No Limite: Saiba por onde andam alguns dos participantes do programa

A primeira temporada do programa foi ao ar no ano de 2000 e contou com 12 participantes que ficaram em um local isolado do Ceará. O formato realmente conquistou o público brasileiro, especialmente por ser muito diferente do que as pessoas estavam acostumadas a ver na televisão aberta daquela época. 

Veja também:

Outro elemento que ajudou o programa a fazer sucesso foi a escolha dos participantes. Todos eles eram anônimos, e tinham diferentes idades e também diferentes portes físicos. E quem pensava que os homens mais fortes teriam vantagem no programa acabou se surpreendendo com a vitória de uma mulher, de mais idade, e que estava ainda acima do peso. 

Relembre alguns dos participantes da primeira edição de No Limite:

Andrea

A participante Andrea atualmente mora na cidade do Rio de Janeiro, e atua como advogada. No programa, Andrea se tornou muito conhecida pois foi uma das quatro finalistas. 

Ela possui um filho de 14 anos de idade. Mas Andrea acabou passando por uma tragédia familiar: perdeu o filho mais velho vítima de um acidente. Em uma entrevista que ela concedeu recentemente, o acidente aconteceu no ano de 2013, quando ele tinha 18 anos de idade. "O Elias Junior teria 25 anos. Perdi meu filho em 2013, quando ele tinha 18 anos. É um pedaço de mim que ficou. Mas o amor é uma coisa que transcende e é imortal. Não tem um dia que eu não o ame, não ore e que não sinta ele. E tatuei (no braço, uma mensagem dele): ‘Beijos para minha mãe linda. Parabéns por tudo’. É isso que me dá forças. E o João Bernardo é o grande amor da minha vida, meu pedacinho que me fez viver".

Elaine

A grande campeã da primeira edição de No Limite, quando participou do programa, tinha 35 anos, uma idade considerada elevada quando comparada com a média de idade dos demais participantes. Ela atualmente segue atuando na profissão de cabelereira, o que já fazia antes de entrar no programa, na cidade de São Paulo. "O que marca é tudo, mas, principalmente, as pessoas que ficaram com você. E a gente continuou a amizade. É muito intenso tudo, todos saímos vencedores, passamos por grandes emoções e todo mundo cresceu", resume Elaine sobre a participação.

Hilca

Quando participou do programa, Hilca tinha apenas 20 anos de idade e, então, era estudante de Serviço Social. De acordo com a ex-participante, o que mais causou impacto no seu retorno foi seu retorno para casa e dar conta da fama, uma vez que todos os participantes acabaram se tornando muito conhecidos. Ela chegou a afirmar que ficou muito assustada com o fato de andar pelas ruas e ser reconhecida. 
"Pediam autógrafo no papel, tiravam fotos com aquelas máquinas fotográficas descartáveis. A minha mãe ficou assustada demais com o assédio, tudo mudou completamente", afirmou Hilca. Atualmente ela mora na cidade de Salvador e seguiu na carreira, trabalhando como assistente social. Sobre sua participação, ela destaca a força das mulheres, que se tornaram finalistas. 

Pipa

Outra participante que se tornou famosa, especialmente por ser vice-campeã do programa. Atualmente, Pipa tem 49 anos de idade, é casada e com um filho de 15 anos. Ela é sócia de um café em Porto Alegre, onde também reside. Durante uma entrevista sobre sua participação no programa, Pipa disse o seguinte:
"Quando nos despedimos da Andrea e a da Juliana (as outras finalistas), fomos separadas: eu e a Elaine. Cada uma passou a noite sozinha. E aquilo pra mim foi muito intenso. Ali, eu perdi realmente todas as energias e já fui muito descontrolada, muito desestabilizada para a Final." "Por isso, tenho certeza que a Elaine foi a grande vencedora. Ela ainda tinha um limite maior que o meu", declara a ex-participante.

Thiago

O homem que acabou indo mais longe na primeira edição de No Limite, Thiago atualmente tem 41 a nos de idade. 20 anos depois, Thiago é casado e tem uma empresa de comunicação visual. A prova que mais marcou ele acabou sendo a que teve que comer olho de cabra:
"Participar do No Limite foi uma loucura! A experiência mais marcante, com certeza, foi a prova do olho de cabra. É uma coisa que todo mundo pergunta como foi", conta Thiago. 


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: