Topo

Segredo para criar cérebro artificial é descoberto por cientistas - Veja

Comente

Se você costuma assistir filmes de ficção científica é possível que em algum momento já tenha se deparado com obras que retratam a possibilidade e as eventuais consequências da criação de uma inteligência artificial, certo?

Pois bem, o fato é que a cada dia que passa vem se tornando maior a possibilidade de vermos na vida real o surgimento de robôs dotados da capacidade de pensar sozinho.

O que pode comprovar isso, é que recentemente alguns cientistas informaram a descoberta de um segredo que pode possibilitar a criação de cérebros artificiais. A seguir você pode conferir todos os detalhes de mais esse grande avanço das ciências tecnológicas.

Segredo para criar cérebro artificial é descoberto por cientistas – Veja

segredo-cerebro-artificial-cientistas

A informação sobre o que seria o “segredo” para a criação de um cérebro artificial, veio por meio de um artigo publicado pela Advanced Optical Materials, no qual cientistas da Universidade de Tecnologia de Nanyang (Singapura) e da Universidade de Southampton (Inglaterra), mencionaram suas recentes descobertas nesse sentido.

Leia também:

De acordo com os pesquisadores, fibras ópticas feitas de calcogeneto são dotadas da capacidade de criar sinapses entre elas, um comportamento comum à massa cinzenta do cérebro humano. Para esclarecimento, o calcogeneto é um composto químico que consiste em, no mínimo um íon de calcogênio combinado com mais um elemento eletropositivo.

Essa combinação é sensível à luz e muito usada na criação de vídeos de fotocopiadoras, por exemplo. Em todo caso, o calcogeneto também permite que as fibras processem grandes quantidades de dados.

Embora a descoberta seja de grande valia, ainda resta um grande caminho pela frente até que possamos observar a criação da primeira rede neural artificial, até porque, os cientistas precisarão fazer ainda uma série de experimentos e procedimentos que permitam descobrir a melhor maneira de combinar as várias fibras ópticas em direção a esse objetivo.

Apesar de tudo, esse foi sem dúvida um grande passo para um futuro onde robôs terão condições de ter os próprios pensamentos. Mas será que seria essa uma boa ideia? Deixe sua opinião nos comentários.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: