Topo

Facebook testa recurso para espionar mouse dos usuários

Comente

Que as gigantes da internet estão sempre em busca de novas ferramentas e possibilidades para atender seus interesses, bem como os dos usuários, não restam dúvidas, entretanto, com o surgimento de tanta tecnologia aplicada no ambiente online, por vezes fica difícil mensurar o que é invasivo do ponto de vista da privacidade do usuário e o que é meramente estratégico para a empresa.

Uma notícia recente pode vir a reacender a discussão acerca do uso de determinadas tecnologias por parte das empresas atuantes na internet, de acordo com o Wall Street Journal, o Facebook estaria testando um novo recurso para espionar agora o mouse dos usuários.

Facebook testa recurso para espionar mouse dos usuários

facebook-espiar-mouse-usuarios
A matéria publicada no jornal norte-americano dá conta que a rede social mais badalada da atualidade está realizando alguns testes para melhor identificar a preferência dos usuários no ambiente online, para tanto, o novo recurso introduzido teria condições de acompanhar o mouse do usuário por onde quer que ele se mova na tela da rede, identificando assim quanto tempo o mouse fica parado sobre determinada região.

Leia também:

Para que serviria exatamente o monitoramento do mouse no Facebook

O Facebook anunciou na última quarta-Feira (30) que lucrou nesse terceiro trimestre do ano a quantia equivalente a US$ 425 Milhões de Dólares, sendo a publicidade a maior responsável por esse montante, respondendo por 90% de seu faturamento.

Com uma noção mais exata sobre as preferências dos usuários seria possível que a rede social exibisse anúncios mais segmentados, atraindo assim um número maior de anunciantes para a rede, gerando consequentemente um faturamento ainda maior, algo que em tese passa pela utilização efetiva da ferramenta que supostamente estaria sendo testada pela rede.

Caso a rede social decida utilizar de fato essa tecnologia para monitorar as ações do mouse do usuário, não será a primeira a adotar esse tipo de medida, o site de imagens Shutterstock já usa algo similar para identificar o que os usuários fazem durante as visitas ao site e quanto tempo o mouse fica parado sobre uma imagem até que a compra de uma imagem de fato aconteça.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: