Topo

Tirar as fraldas do bebê é preciso - veja qual o melhor momento para fazer isso

Comente

O primeiro passo para tirar a fralda de seu bebê é saber se ele está preparado para isso, ou seja, saber identificar se esse é o momento ideal para o início de uma nova fase.

Não adianta querer forçar esse momento cedo de mais, pois o bebê de nove meses, por exemplo, ainda não sabe controlar seus esfíncteres e mal aprendeu a andar e sentar.

Leia também:

Se a criança ainda não está madura o suficiente, a nova fase de viver sem fraldas pode gerar muitas frustrações tanto para a mãe, quanto para o bebê.

Os médicos alertam para a importância da naturalidade na transição da fase anterior para essa, o objetivo é evitar o surgimento de sequelas emocionais, que podem gerar na criança a incapacidade de controlar o xixi e o cocô ou até mesmo causar a prisão de ventre. Veja a seguir algumas dicas de como e quando tirar a fralda do bebê.

Tirar as fraldas do bebê é preciso – veja qual o melhor momento para fazer isso

hora-certa-pra-tirar-fralda-do-bebe

Quando começar a tirar a fralda

Não existe uma regra de que tal idade é a melhor para retirar a fralda da criança, mas, sabe-se que esse processo normalmente ocorre por volta dos 2 anos de idade, que é quando a criança já atingiu o amadurecimento neurológico, emocional e motor para iniciar o uso do peniquinho.

Apesar de tudo, essa maturidade pode levar mais tempo, o que também não chega a ser um problema. De acordo com estudos, crianças que iniciam tarde de mais o treinamento com o peniquinho, levam menos tempo para aprender.

Algo muito importante é que os pais estejam tentos aos sinais deixados por seus filhos, se uma criança fica três horas sem molhar a fralda ou pedir pra trocá-la é sinal de que ele já está pronto para começar o processo de retirada da mesma.

Retirada da fralda com sucesso

Para um bom resultado é necessária muita paciência por parte dos pais, além disso, não se deve esquecer que a transição de fases precisa acontecer de forma simultânea em diferentes ambientes frequentados pela criança.

Diante disso, é importante combinar o passo a passo da transição com a escolinha que a criança frequenta, com os avós, etc. Mantenha o pulso firme e resista à tentação de voltar a usar as fraldas, não abandone o programa nem mesmo nos finais de semana em favor de dias mais cômodos.

Veja agora algumas informações e dicas curtas para auxiliar nessa mudança de fase do bebê

  • Normalmente a criança sente a necessidade de fazer xixi ou cocô em cerca de uma hora após a refeição. Nesse momento é importante deixa-la sentada no peniquinho. A regra é valida tanto para meninos quanto para meninas.
  • Quando o menino completar seu aprendizado é a hora de estimulá-lo a fazer xixi em pé, imitando o pai e os coleguinhas.
  • Faça com que a hora do pinico seja um momento prazeroso, leia alguma história, cante ou faça algum jogo, isso fará a criança relaxar a musculatura pélvica.
  • Quando a criança conseguir usar o peniquinho, elogie-a dizendo-lhe o quão orgulhosa se sente. Nos casos em que o resultado não vem em até dez minutos de uso do peniquinho, não reprima a criança, diga-lhe palavras de incentivo e recoloque a fralda.
  • Alguns especialistas recomendam que os pais levem seus filhos ao peniquinho a cada duas horas como incentivo, mas, há que recomende incentivar o bebê a sentir a sensação de bexiga cheia, para facilitar o treinamento noturno.
  • Veja com seu pediatra qual a melhor recomendação para tirar a fralda de seu bebê, além disso, fique atento também aos sinais que o bebe dá, seja através de caretas ou mesmo inquietude.
  • Quando perceber que a criança está no controle da situação, passe a vesti-lo com calcinha, cueca ou até mesmo fralda com as laterais elásticas, essas peças facilitam para que eles mesmos retirem-nas ou abaixem-nas.
  • No caso de bebês que possuem o intestino preso, faça uma dieta à base de frutas e fibras, assim a hora da evacuação não será dolorosa.
  • Tenha em mente que as recaídas são inevitáveis. Quando isso acontecer não repreenda a criança, mas, incentive-a dizendo que na próxima vez ela conseguirá avisar.

Tirando a fralda noturna do bebê/criança

Essa é uma fase mais complicada, pois exige da criança um tempo maior sem ir ao banheiro. A primeira tentativa deve acontecer cerca de seis meses depois de a criança ter se acostumado a usar o peniquinho ou banheiro durante o dia.

Note que é normal que a criança faça xixi na cama até os cinco anos de idade, como prevenção as mães devem acordá-la durante a noite para que possam ir ao banheiro, além disso, evitar dar muito líquido após o jantar e fazer a criança ir ao banheiro antes de dormir, são outras medidas preventivas.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: