Topo

Aprenda lidar com os filhos que gostam de balada - Veja dicas

Comente

As crianças crescem num piscar de olhos, e de repente o seu bebê já é um adolescente cheio de desejos e problemas, com uma personalidade própria e a fim de conhecer mais sobre a vida adulta. Nessa fase eles tendem a optar pela companhia dos amigos em detrimento à dos pais, mas não se preocupe, eles não fazem por mal.

É também nessa fase que começa vir à tona o desejo de curtir um barzinho ou mesmo uma balada, o que quase sempre acaba colocando os pais em posição desconfortável, já que há sempre a preocupação com o bem estar dos filhos. Então, como os pais poderiam lidar com essa situação?

Pois bem, embora não exista uma resposta definitiva pra isso por uma série de fatores, algumas dicas podem de fato auxiliar os pais que estão passando por situação como essa. A seguir, por exemplo, apresentamos uma série de sugestões nesse sentido. Veja!

Aprenda lidar com os filhos que gostam de balada – Veja dicas

filhos-que-gostam-de-balada

Adolescência

Antes de qualquer coisa, é importante ter em mente que é praticamente inevitável ver o filho crescer e passar por mudanças de comportamento na adolescência, afinal, ele precisa testar sua autonomia e independência.

Dito isso, os pais não devem permitir que o adolescente faça tudo o que der vontade. O ideal é encontrar um meio termo, evitando impedir o filho de buscar novas experiências. A proibição só deve ocorrer em casos em que a ação pode resultar em perigo real à integridade física, moral ou intelectual do filho.

Leia também:

Amizades

É importante observar também o tipo de pessoas com as quais o filho se relaciona, identificando se a amizade é saudável ou não.

Carona

Sempre que possível o pai pode oferecer carona para o filho ir e voltar da balada, assim poderá conhecer os lugares que ele frequenta, e até de ficar de olho no caso de terem consumido algum tipo de bebida alcoólica.

Outra dica e oferecer carona para os amigos do filho, assim também é possível conhecê-los melhor, observando o tipo de assunto que conversam e como saem da balada.

Diálogos

Outra dica é conversar com o filho abertamente, mas evitar fazer muitas perguntas para não criar um clima de desconfiança. Além disso, uma boa relação com o adolescente com base em afeto tende a ser de grande importância. É preciso entender também que nessa fase os filhos costumam argumentar, por isso é preciso ouvir o que eles têm a dizer sem julgamentos.

Tudo sob controle

Normalmente os adolescentes gostam de tomar conta da própria vida, e não gostam de dar satisfação do que fazem fora de casa. É preciso conversar calmante com eles e deixar claro que a intenção não é controlar a vida do mesmo, mas sim cuidar da segurança dele.

Os psicólogos aconselham que os pais sempre demonstre mconfiança nos filhos para que eles sintam liberdade em falar sobre qualquer coisa com seus pais.

Horários

De acordo com a idade e maturidade do filho, é preciso combinar um horário para que ele volte para casa quando for para balada. É preciso deixar claro que com o tempo ele poderá ter uma liberdade maior, conforme ele for demonstrando ter responsabilidade com o horário marcado e com as pessoas com que se relaciona.

Alerta com perigos na balada

Outra dica é a de estimular o filho a criar um senso crítico mais apurado, ensinando-o a ouvir sobre eventual caso de perigo na balada onde ele pretende frequentar. Além disso, é também importante falar sobre os perigos que podem se fazer presentes na balada, bem como as consequências de determinadas escolhas.

Regras

Confiança não significa necessariamente ausência de regras. Converse com o filho e encontrem juntos um conjunto de regras capazes de proporcionar maior tranquilidade. Os exemplos incluem manter o celular carregado e sempre por perto quando sair de casa, atenção especial a canais de comunicação como o Whatsapp, etc.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: