Topo

Como lidar com as metas de longo prazo

Comente

Um dos mais comuns desafios enfrentados por pessoas que estão em busca da excelência, seja ela no âmbito que for, é o de se manter ativo e persistente diante das metas e essa situação se agrava ainda mais quando as metas são de longo prazo, dificultando, assim, a continuidade de inúmeros projetos.

Sabendo que esse é um desafio superável, traremos alguns passos que poderão ser adotados para que se consiga o resultado desejado mesmo diante das metas de longo prazo, sendo importante ressaltar que as metas de longo prazo são aquelas que se concretizarão em cinco ou mais anos.

Veja como lidar com as metas de longo prazo

como-lidar-com-metas-longo-prazo

Dividir em metas mais específicas

O ser humano tem dificuldade em se concentrar em projetos de longo prazo justamente porque a mente humana costuma dispersar as atenções quando não vê resultado imediato. É o famoso senso de imediatismo presente em todos os indivíduos, variando apenas o nível de pessoa para pessoa, assim sendo, quanto mais conseguir dividir as metas de longo prazo em menores e de mais curto prazo, melhor será o desempenho rumo à meta em questão. Para compreender melhor a questão, basta imaginar que um indivíduo tenha a meta de trabalhar com afinco para comprar uma casa à vista em 2018, o objetivo ficará bem mais fácil de ser atingido se o valor do imóvel for estipulado e a meta geral dividida pelos cinco anos restantes, exemplo, uma casa de cem mil é a meta em cinco anos, então a meta anual é ter vinte mil em caixa para poder realizar o objetivo.

Dar real importância às metas

Aquilo que não é focado tende a não se realizar, ao menos não com a eficiência prevista e dentro do prazo esperado. Assim sendo, a segunda dica é essa, dar real importância às metas, não importando se para isso será necessário sacrificar momentos de entretenimento, lazer ou quaisquer outras atividades que afaste o foco das metas.

Analisar as crenças é fundamental para o alcance das metas

Existem padrões mentais pré-concebidos que são capazes de afastar o indivíduo de suas metas, assim sendo, as crenças precisam ser constantemente reavaliadas para que a meta saia, de fato, como o previsto e essas crenças podem se esconder nas mais variadas vertentes.

Imagine que uma pessoa tenha a meta de, em cinco anos, construir um patrimônio líquido de um milhão de reais, o que de certa forma daria a alcunha de rico e milionário. Agora imagine que esse indivíduo é uma pessoa que ouviu constantemente, durante sua juventude e adolescência, os jargões populares que dizem que dinheiro não traz felicidade, que só se torna rico aqueles que dão golpes ou que tem sorte acima da média, ou ainda aqueles que vem de família abastada. Se esse indivíduo tiver se deixado levar por tudo que lhe foi dito, no fundo, esses serão os principais fatores que regerão as crenças e, assim sendo, muito provavelmente ele não alcançará os resultados financeiros esperados, pois suas crenças levam para o oposto da bonança.

Fazer avaliações constantes

Para quem tem uma grande meta a cumprir, o melhor a fazer é avaliar diariamente quais têm sido os resultados obtidos com base no objetivo final. Voltando ao caso da pessoa que deseja ter uma casa de cem mil reais em cinco anos e que, portanto, tem a submeta de vinte mil reais ao ano, pode-se dizer que, ao fazer a avaliação diária, ele precisará ter em mente quais são as atividades que mais lhe geram resultado por período e, assim, traçar um gráfico que mostrará qual será o desempenho ao final do primeiro ano em relação à meta em questão. Isso se chama antever o futuro e ajuda a não ficar lamentando ao final do período por não ter atingido a meta esperada, pois assim saberá exatamente quando e onde deixou de produzir resultados que se transformaram na ineficiência do alcance do objetivo.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: