Topo

Celebridades que perderam o emprego durante a pandemia de Covid-19

Comente

Um dos principais efeitos negativos que a pandemia de Covid-19 trouxe é o desemprego. Com as medidas de isolamento e com mais pessoas ficando com medo de circular pelas ruas, muitas empresas acabaram perdendo boa parcela do seu público, o que gerou uma grande onda de fechamentos e demissões que atingiram especialmente os menos favorecidos. Mas as demissões também chegaram nas casas de pessoas ricas e famosas.

Diversas emissoras de televisão também anunciaram uma série de cortes. Afinal de contas, canais de televisão dependem do dinheiro que eles conseguem dos seus anunciantes que, em muitos casos, foram empresas que também acabaram sofrendo com as perdas de receita na pandemia. 

Por isso, os principais canais de televisão afirmaram que tiveram que fazer cortes no seu elenco para que as contas continuassem equilibradas. E isso aconteceu não apenas nas emissoras menores. Até mesmo a toda poderosa Globo anunciou a não renovação de contratos de alguns dos seus nomes mais importantes dentro da teledramaturgia, que estavam na casa há algumas décadas. 

Confira algumas celebridades que acabaram perdendo o emprego durante a pandemia:

Antônio Fagundes

Veja também:

Um dos maiores nomes não apenas da história da Rede Globo mas também da televisão brasileira, Antônio Fagundes, está sem contrato com nenhuma emissora de televisão. Depois de décadas de serviços prestados para a emissora carioca, o ator não teve o seu contrato renovado ao longo do ano de 2020. Mas o ator afirma que entende o novo momento pelo qual as emissoras estão passando e afirma também que não ficou magoado com a demissão, mesmo depois de cinco décadas trabalhando direto com a Globo. 

Miguel Falabella

Outro importante nome da Globo não teve o seu contrato renovado ao longo do ano de 2020. Miguel Falabella, diferentemente de outros nomes que foram demitidos, era muito amis do que um ator que fazia apenas papéis diante das câmeras. Miguel também foi apresentador de programa durante muitos anos na casa, além de ser autor, roteirista, diretor e produtor. Mesmo com toda essa quantidade de trabalho no currículo, acabou sendo mais um nome que foi dispensado pela emissora, com portas abertas apenas para contratações por obras. Miguel tinha 38 anos de casa quando foi dispensado.

Mesmo com a notícia ruim, Falabella afirma que foi muito feliz durante todo o período na Globo. 

Tino Marcos

Não foi apenas no seu departamento de teledramaturgia e variedades que a grande emissora Globo fez cortes. No jornalismo também houveram baixas ao longo do ano de 2020. Um dos nomes mais tradicionais do jornalismo da empresa, especialmente do segmento esportivo, não teve o seu contrato renovado: Tino Marcos. O jornalista já estava trabalhando na Globo há 35 anos, o que acaba sendo a grande maioria dos anos da sua carreira, já que ele tem 58 anos de idade. Tino teve momentos muito importantes na história do esporte internacional, como a cobertura da Copa do Mundo de 19984 e 2002, das Olimpíadas de 2004 e uma série de outros eventos esportivos de grande porte. Em entrevista concedida pelo jornalista, ele afirmou a dispensa foi em comum acordo e que ele já estava pensando em tomar outros rumos na sua carreira, mas que a decisão foi acelerada em função da pandemia da Covid-19.

Carlos Nascimento

Não foi apenas na Globo as demissões importantes no quatro de famosos. No SBT, grandes nomes do jornalismo foi dispensado, incluindo Carlos Nascimento, que durante muitos anos foi o âncora do principal telejornal da emissora. O jornalista, que fez carreira na Globo mas que já estava na emissora de Silvio Santos há mais de 11 anos, teria sido demitido em função de uma série de cortes que o SBT fez em função de uma queda nas receitas agravadas especialmente pela pandemia da Covid-19. O jornalista chegou a ficar algum tempo afastado das câmeras, mas recebendo salário, durante um tratamento de um câncer. Sobre seu tempo no SBT, o jornalista afirmou o seguinte: “Fui tratado por esta empresa e seus funcionários com amor, carinho, zelo e atenção”. 

Marcos Mion

Celebridades que perderam o emprego durante a pandemia de Covid-19

Já na emissora Record, a principal demissão aconteceu no setor de programas de variedades. Marcos Mion, que estava comandando o reality show A Fazenda. Sobre este caso, muito pouco se sabe com certeza em relação ao que realmente aconteceu. Mas foi um desligamento que causou estranheza, já que o apresentador estava sendo muito elogiado pela sua condução da última edição de A Fazenda. Mas tudo indica que o apresentador tenha sido vítima não apenas de um corte de orçamento durante a pandemia, mas também pelo seu “mau comportamento” interno, o que teria causado desgaste de Mion com nomes importantes da direção da empresa, como Marcelo Silva, vice-presidente artístico e de programação da Record. 




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: