Topo

9 sintomas de estresse para saber se você já atingiu o seu limite

Comente

A rotina diária de trabalho e a grande carga de pressão a que a maioria tem sido submetida nos últimos anos, são apenas alguns dos motivos capazes de causar estresse nas mais variadas pessoas de todas as idades.

Apesar de muito ser dito a respeito dos sintomas e de como evitar as situações que levam ao estresse, o fato é que por se tratar de um problema cumulativo, muitas vezes quando se percebe o mesmo já atingiu seu ápice, pelo que, se faz necessária a identificação de modo abrangente a fim de proceder com os cuidados mais específicos. Pensando nisso, na sequência mostraremos quais são os nove sintomas de estresse, através dos quais será possível avaliar se o limite já foi atingido.

9 sintomas de estresse para saber se você já atingiu o seu limite

sintomas-estresse

Excesso de espinhas no rosto

Embora poucas pessoas saibam, o excesso de acne pode ser um sinal de que os níveis de estresse estão altos, isso ocorre porque ele é capaz de aumentar os níveis de inflamações na pele, o que em médio prazo acaba resultando em acnes. Para o bem ou para o mal, geralmente as espinhas decorrentes do estresse não costumam sair com a utilização de cremes e outros produtos de beleza, mas sim com sessões de relaxamento.

Dores na região abdominal e barriga como um todo

Todo incômodo em qualquer que seja a região do corpo deve ser investigada com um profissional qualificado, entretanto, algumas dores principalmente na região da barriga podem ter relação direta com as cargas de estresse a que uma pessoa é submetida.

Dores na mandíbula

Ocorrências de mandíbulas doloridas são sinais clássicos de que os níveis de estresse já estão passando do limite, esse tipo de sintoma geralmente surge quando os dentes ficam cerrados de tensão por um longo período de tempo, algo que normalmente ocorre durante o sono, se a dor e a incidência forem acentuadas, recomenda-se uma consulta a especialista.

Dor de cabeça no final de semana

Embora em um primeiro momento pareça controverso, o fato é que os níveis de estresse durante a semana, podem desencadear dores de cabeça no final da semana quando a carga é menor, por isso, o ideal é manter os mesmos horários todos os dias da semana.

Leia também:

Maior desejo por chocolate

Há quem diga que o desejo compulsivo por chocolate é uma característica das mulheres no período da TPM, entretanto, uma pesquisa Norte-americana concluir recentemente que esse desejo forte por chocolate pode estar mais relacionado aos níveis de estresse que às variações de hormônios propriamente ditas.

Coceiras pelo corpo

Grandes cargas de estresse, somadas à ansiedade e à tensão, podem desencadear até mesmo doenças de pele das mais diversas, dentre elas, aquelas que produzem coceiras pelo corpo, tais como a dermatite e a psoríase, além disso, somente o estresse pode ser capaz de desencadear esses sintomas, sem que o paciente tenha sequer qualquer tipo de doença dessa natureza.

Alergias mais persistentes e duradouras

Há quem duvide, mas, de acordo com uma pesquisa conduzida por uma faculdade Norte-americana, quando os níveis de estresse estão muito elevados, é possível que o corpo reaja de maneira a combater ineficazmente as crises alérgicas, ou seja, quando se está estressada uma crise alérgica pode durar até o dobro do tempo que duraria em uma fase normal.

Cólicas extremamente agudas

Um estudo conduzido por Harvard, uma das principais universidades dos Estados Unidos, mostrou que mulheres que são submetidas a altos níveis de estresse, podem sofrer com cólicas menstruais mais agudas e contundentes, a causa seria o fato de os hormônios ficarem inteiramente desregulados nesse período, sendo prejudicados ainda mais pelas cargas de estresse.

Doenças e sangramentos na boca

Estudos afirmam que pessoas submetidas constantemente a altos níveis de estresse, possuem maior pré-disposição a contrair algum tipo de doença, além disso, é bastante comum que pessoas estressadas sofram com problemas de sangramento na boca. Esse último sintoma é desencadeado principalmente devido ao aumento do Cortisol, que é o hormônio responsável pelo estresse, ele leva o sistema imunológico a agir com eficiência menor, o que permite o alojamento de bactérias na região das gengivas e eventualmente em outras regiões da boca.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: