Topo

Noções básicas para iniciantes na cozinha - veja dicas

Comente

Para os iniciantes na cozinha, cada nova refeição a ser preparada representa um enorme desafio, seja por falta de intimidade com o ambiente ou mesmo pela inexperiência com as panelas e temperos.

Felizmente, não há motivos para preocupação. Com o passar do tempo e algumas boas dicas, é possível aprofundar o conhecimento na arte da culinária, afinal, tudo nessa vida é uma questão de prática, certo?

Diante disso, visando auxiliar quem deseja perder o medo de se arriscar um pouco mais no preparo dos pratos, decidimos listar a algumas noções básicas que são de grande valia ao iniciante. Veja!

Noções básicas para iniciantes na cozinha – veja dicas

dicas-para-iniciantes-na-cozinha

  • A primeira dica e também a mais importante delas é: use o fogo baixo. Quem ainda não tem intimidade com o fogão deve começar devagar para evitar problemas e desperdícios.
  • Sempre que sua receita pedir farinha de trigo ou açúcar no preparo, procure peneirar esses ingredientes antes do uso. Isso dará um toque de qualidade ao prato.
  • Sempre que for descongelar carnes de peixes evite fazer isso ao ar livre, ao invés disso, procure deixa-lo descongelando na parte menos refrigerada da geladeira, assim ela não perderá seus nutrientes.
  • Para evitar contato do alho e da cebola com as mãos, evitando consequentemente aquele cheiro desagradável, procure cortar apenas as pontinhas com a faca e retirar o excesso da casca com um papel toalha.
  • Escolha a faca certa para preparar suas receitas, profissionais orientam que uma boa faca é aquela que não corta de mais, enquanto que a ruim é a que corta. Isso porque se a faca corta de mais há sempre o risco de acidentes na hora de cortar os alimentos, por isso, o melhor é encontrar uma que proporciona firmeza e cumpra sua função sem oferecer riscos.
  • Aprenda a enxergar os sinais de alerta de suas receitas para saber qual o próximo passo a seguir. Quando o alho começa a estalar, por exemplo, significa que está na hora de acrescentar a cebola.
  • Os temperos desidratados além de durar bem mais do que os temperos frescos, são saborosos e práticos, por isso, é sempre importante tê-los por perto.
  • Pra quem gosta de ingredientes frescos, a dica é cultivar na cozinha alguns pequenos vasos de ervas.
  • Dê preferencia aos azeites de oliva de origem espanhola, além de serem melhores, seus valores são mais acessíveis.
  • Antes de preparar a receita, aqueça bem a panela e só depois acrescente o azeite de oliva, assim as propriedades do alimento serão mantidas, já que ele não passará diretamente pelo processo de aquecimento.
  • Ao escolher um sal de cozinha, prefira o sal marinho. Sempre que possível evite os refinados, pois eles podem ser sintéticos.
  • Para quem vive na correria do dia a dia, uma boa dica é congelar a cebola, cebolinhas e as ervas picadas. Isso ajuda conservar os alimentos por mais tempo, o que torna a vida na cozinha muito mais prática.
  • Para quem gosta de usar pimenta nas receitas, a dica é comprar pimenta a granel, para poder moer na hora do preparo, dessa forma o alimento não perderá suas propriedades, proporcionando ainda uma melhor digestão.
  • Sempre que for usar um tempero, procure retirá-lo do pote com ajuda de uma colher, evitando aproximá-lo da panela para que o vapor não entre no pote e deixe o produto úmido.
  • Os alimentos preparados no micro-ondas só podem ser retirados depois que o aparelho apita três vezes, pois antes disso as micro-ondas ainda estão sendo liberadas no interior do mesmo.

Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: