Topo

Gosta de carne de porco? Veja dicas incríveis para evitar erros no preparo

Comente

Não tem como negar: a carne de porco é uma das queridinhas de boa parte dos brasileiros. A questão, porém, é que para quem não tem experiência no preparo dos cortes bovinos, a missão de fazer e servir um bom prato pode se tornar um grande problema. Sabendo disso então, decidimos mostrar a seguir algumas dicas e truques que podem ajudar.

Dicas para não errar na hora de servir a carne de porco

Dicas para não errar na hora de servir a carne de porco

Preparos com carne suína

Os cortes de carne como mignon, lombo e bisteca, são as peças mais magras da carne suína. O lombo costuma ter uma capa de gordura e isso pode deixar o prato suculento na hora do preparo, já o mignon é um corte mais delicado e possui pouca gordura, sendo mais saboroso quando servido junto de um molho cítrico.

Quando o mignon é preparado inteiro, o ideal é selar a carne antes em fogo alto até que ela fique dourada. Depois o pedaço pode ser cozido na pressão com temperos, ou assado no forno com assadeira coberta, isso deixará a carne macia e ela não vai ficar ressecada.

Se a carne suína for cortada em fatias, a dica é empaná-las e fritar por imersão, servindo com molho de mostarda de salada de batata. No caso de bisteca o ideal é temperar com limão, sal, pimenta e alho, fazendo ela grelhada em fogo alto até ficar dourada.

Cozimento

Quando for escolher uma receita com carne suína, procure saber se o corte é magro ou se possui gordura. Corte magro requer um cuidado a mais para o pedaço não ficar ressecado. Além disso, em casos de peças grandes, é preciso atenção com a temperatura interna, ela deve atingir 75°C.

Leia também:

Temperos para carne suína

Em geral a carne suína fica melhor com temperos ácidos, tais como suco de limão, laranja e tangerina, mas ela pode ser temperada também com maracujá e frutas vermelhas. Esses temperos podem ser usados tanto no preparo de molho da carne como em marinadas.

E não para por aí, a carne suína também pode ser temperada com vinagre, vinho e cerveja, o que tende a deixar a gordura equilibrada e dar suculência à carne. Mas os itens que não podem faltar na carne suína são o alho, cebola e pimenta preta. Para que a carne fique mais saborosa, a dica é deixar pra descansar no tempero por um tempo.

Em cortes magros de carne suína a dica é deixar crostas de especiarias acompanhadas de molho apimentado. A carne suína também pode ser temperada com ervas como tominho, alecrim, salvia e louro, que dão uma ótima combinação com peças mais gordurosas como pernil e paleta.

Reaproveitando as sobras

No Japão existe um prato típico conhecido como lámesn, que na verdade é uma espécie de macarrão ensopado com cal de osso de porco. Se desejar aproveitar as sobras da carne suína, saiba que o osso do pernil rende um caldo aromático e bem nutritivo exatamente nesses moldes do prato japonês. Não é difícil achar boas receitas nesse sentido pela internet.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: