Topo

5 curiosidades sobre as músicas de Raul Seixas

Comente

Raul Seixas se tornou um dos maiores músicos brasileiros de todos os tempos. Mesmo compondo letras que muitas vezes eram consideradas enigmáticas e com sons que nem sempre estavam entre os mais populares, o cantor acabou conseguindo emplacar uma grande quantidade de sucessos, e até hoje suas canções continuam sendo executadas, cantadas e tocadas por outros músicos. 

Recentemente, uma música em particular acabou voltando a ser lembrada nas redes sociais. A canção, que se chama “O Dia em que a Terra Parou” relata um dia em que simplesmente todo mundo teve que ficar nas suas casas. Os fatos que são narrados na letra da música acabaram se tornando muito próximos do que as pessoas estão vivendo nos dias de hoje com a quarentena em função da pandemia do novo coronavírus. 

Confira algumas curiosidades sobre as músicas e a obra de Raul Seixas:

5 curiosidades sobre as músicas de Raul Seixas

Fora do tom

Veja também:

No disco chamado “O Dia em que a Terra Parou” aconteceu um problema com a gravação. Basicamente todas as músicas estavam em um tom muito abaixo do que era geralmente utilizado pelo cantor. Mas isso acabou sendo percebido apenas depois que o trabalho ficou pronto. Acabou deixando como estava. 

Gravando

Normalmente os músicos realizam uma série de testes com os equipamentos antes da gravação começar, de fato. Em um dos discos do cantor, chamado Refazenda, a produção convidou Gilberto Gil para colocar violão em uma das faixas. Mas na gravação acabou saindo um destes momentos de testes, com o cantor contando “1, 2, 3” um pouco antes da música começar. 

Bêbado

A música “Tapanacara” foi composta, primeiramente, apenas a sua parte da melodia. Os produtores de Raul ficaram muito entusiasmados com o ritmo, mas não tinha letra nenhuma. Um dia antes do produtor embarcar para os Estados Unidos para mixar o disco ele deu uma garrafa rótulo preto de Johnny Walker e disse que ele tinha uma noite para fazer a letra. O resultado acabou sendo gravado, uma composição feita com ele totalmente bêbado. 

Ditadura

Raul, assim como praticamente todos os artistas da época, sofreram com a censura. Mas o músico revelou que a censura tinha diferentes perspectivas e restrições para cada cantor. Enquanto Chico Buarque não podia falar nada sobre política, com os censores proibindo palavras como “povo”, Raul não podia falar nada voltado a sexo. 

Rock das aranha

Essa música foi composta junto com Cláudio Roberto, mas o companheiro de letra não queria gravar, afirmando que seria um problema especialmente para suas amigas homossexuais. Mas o cantor bateu pé e gravou mesmo assim. A faixa acabou sendo censurada e o disco chegou lacrado com uma tarja amarela. 
 




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: